Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17519
Tipo do documento: Artigo
Título: Considerações sobre o processo de desverbalização e da cenarização na tradução e interpretação de uma língua oral para uma língua de sinais
Título(s) alternativo(s): Considerations on the process of deverbalization and scenarization in the translation and interpretation from an oral language to a sign language
Consideraciones sobre el proceso de desverbalización y cenarización en la traducción e interpretación de una lengua oral para una lengua de señales
Autor: Santos, Giovana Bleyer Ferreira dos
Barbosa, Diego Maurício
Resumo: O presente artigo tem como objetivo discorrer sobre algumas questões relacionadas ao processo de interpretação, como a desverbalização e a cenarização. Estudada por Seleskovitch, a desverbalização ocorre no momento em que o intérprete recebe as informações do texto na língua de partida e precisa decodificá-las para recriar o sentido apreendido na produção do texto na língua de chegada. A estratégia da cenarização, apresentada por Sophie Pointurier-Pournin, consiste em um mecanismo de auxílio para o intérprete, quando ele se encontra diante de restrições, como a do vazio lexical, ou precisa explicar conceitos mais complexos, que demandam mais do que a simples espacialização do discurso no espaço de sinalização. O trabalho apresenta considerações sobre o Modelo IDRC [Interpretação – Decisão - Recursos – Restrição] de Daniel Gile, que apresenta o processo de tradução como uma sucessão de fases de compreensão e de reformulação, nas quais o intérprete precisa lidar com os recursos e as restrições que lhe são impostos durante o processo.
Abstract: This article aims at discussing some issues related to the interpretation process, such as Deverbalization (Seleskovitch 1975), which must occur when the interpreter receives the information from the source text and needs to decode it (de-verbalize it) in order to re-create sense in the process of production of the target text. This work also presents Daniel Gile's IDRC [Interpretation - Decision - Resources - Restriction] Model, which clarifies that the translation process is composed of a succession of stages of comprehension and reformulation in which the interpreter must deal with the resources and constraints that are imposed to him during the proceedings. This article also presents the strategy of scénarisation, discussed by Sophie Pointurier-Pournin in her doctoral thesis. According to Pointurier-Pournin, the scénarisation functions as a mechanism of aid to the interpreter when he is faced with constraints such as the lexical emptiness or when he needs to explain more complex concepts that demand more than the simple spatialization of speech in the signaling space.
El presente artículo tiene el objetivo de reflexionar sobre algunas cuestiones relacionadas al proceso de interpretación, como la desverbalización y la cenarización. Estudiada por Seleskovich, la desverbalización sobreviene en el momento en el que el intérprete recibe las informaciones del texto en la lengua de partida y necesita decodificarlas para recrear el sentido aprendido en la producción del texto en la lengua de llegada. La estrategia de la cenarización, presentada por Sophie Pointurier-Pournin, consiste en un mecanismo de ayuda para el intérprete, cuando se enfrenta a restricciones, como la del vacío lexical, o necesita explicar conceptos más complejos, que demandan más que la simple especialización del discurso en el espacio de señalización. El trabajo presenta observaciones sobre el Modelo IDRC [Interpretación - Decisión - Recursos - Restricción] de Daniel Gile, que presenta el proceso de traducción como una sucesión de fases de comprensión y de reformulación, en las que el intérprete tiene que trabajar con los recursos y con las restricciones que se le imponen durante el proceso.
Palavras-chave: Estudos da interpretação
Interpretação de língua de sinais
Desverbalização
Cenarização
Modelo IDRC
Interpreting studies
Interpreting sign language
Deverbalization
IDRC’ model
Scénarisation
Estudios de la interpretación
Interpretación de lengua de señales
Desverbalización
Cenarización
Modelo IDRC
País: Brasil
Instituição: Sueli Maria de Oliveira Regina
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Letras - (FL)
Citação: SANTOS, Giovana Bleyer Ferreira dos; BARBOSA, Diego Maurício. Considerações sobre o processo de desverbalização e da cenarização na tradução e interpretação de uma língua oral para uma língua de sinais. Revista Sinalizar, Goiânia, v. 2, n. 2, p. 218-234, jul./dez. 2017. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/revsinal/article/view/50332/24801.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/rs.v2i2.50332
Identificador do documento: 10.5216/rs.v2i2.50332
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17519
Data de publicação: Dez-2017
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Giovana Bleyer Ferreira dos Santos - 2017.pdf566,37 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons