Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17582
Tipo do documento: Artigo
Título: Apontamentos críticos sobre a colonialidade do saber: em defesa da pluralidade na construção do conhecimento
Autor: Souza, Naiara Cristina Santos de
Nascimento, André Marques do
Resumo: Neste artigo, problematizamos sobre como o modelo de produção de conhecimento eurocêntrico marginaliza outras epistemologias em nome das alegadas neutralidade e racionalidade instauradas pela geopolítica do conhecimento no mundo moderno/colonial. Interessa-nos, a partir dos estudos decoloniais, discutir como a violência epistêmica é perpetuada, principalmente, através da estruturação da própria universidade. A partir de uma breve análise de manuais de metodologia do trabalhado científico, buscamos apontar como textos veiculados no espaço acadêmico perpetuam a supremacia do conhecimento eurocêntrico. Argumentamos, assim, que a escrita é uma ferramenta que sustenta e mantém fortemente a violência epistêmica na universidade, excluindo identidades, subjetividades e saberes outros. Nesse sentido, apontamos a interculturalidade crítica como uma perspectiva viável para construção de uma universidade mais democrática e comprometida com a pluralidade cultural e epistemológica existente no mundo.
Abstract: In this article, we discuss how the Eurocentric model of knowledge production marginalizes other epistemologies in the name of the alleged neutrality and rationality established by the geopolitics of knowledge in the modern/colonial world. We are thus interested in discuss how epistemic violence is perpetuated, mainly, by the structuring of the university itself. From a brief analysis of methodology manuals of scientific work, we seek to point out how texts transmitted in academic space perpetuate the supremacy of Eurocentric knowledge. We argue, therefore, that academic writing is a tool that sustains and strongly maintains epistemic violence in the university, excluding other identities, subjectivities, and knowledge. In this sense, we point to critical interculturality as a viable perspective for building a more democratic university committed to the cultural and epistemological plurality in the world.
Palavras-chave: Colonialidade do saber
Escrita acadêmica
Interculturalidade crítica
Coloniality of knowledge
Academic writing
Critical interculturality
País: Brasil
Instituição: Maria do Socorro Pimentel da Silva
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Letras - (FL)
Citação: SOUZA, Naiara Cristina Santos de; NASCIMENTO, André Marques do. Apontamentos críticos sobre a colonialidade do saber: em defesa da pluralidade na construção do conhecimento. Articulando e Construindo Saberes, Goiânia, v. 3, n. 1, p. 247-272, jan./dez. 2018. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/racs/article/view/55383/26455.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/racs.v3i1.55383
Identificador do documento: 10.5216/racs.v3i1.55383
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17582
Data de publicação: Dez-2018
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Naiara Cristina Santos de Souza - 2018.pdf357,9 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons