Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17613
Tipo do documento: Artigo
Título: Retinal thickness measurement and evaluation of natural history of the diabetic macular edema through optical coherence tomography
Título(s) alternativo(s): Medida da espessura retiniana e avaliação da história natural do edema macular diabético pela tomografia de coerência óptica
Autor: Hannouche, Rosana Zacarias
Ávila, Marcos Pereira de
Resumo: Objetivos: 1) Diagnosticar a presença de edema macular dia- bético em pacientes com retinopatia diabética e acuidade vi- sual igual ou melhor que 20/40, pela realização do exame de tomografia de coerência óptica, medindo a espessura foveal central, ao longo de um ano. 2) Avaliar a história natural do edema, ao longo de um ano, associando a espessura foveal central com a hemoglobina glicosilada (HbA1c) e alterações na acuidade visual. 3) Correlacionar os resultados obtidos com o grupo controle. Métodos: Estudo prospectivo de uma amostra de 30 pacientes, com edema macular diabético e acuidade visual melhor ou igual a 20/40. O estudo contou com 30 olhos como grupo controle. Foram feitas medidas da melhor acuidade visual corrigida, dosagem de hemoglobina glicosi- lada, biomicroscopia com lente de 78 dioptrias, angiofluores- ceinografia e tomografia de coerência óptica. Determinou-se, pelo propósito do estudo, a espessura foveal central como principal variável. Além da estatística descritiva, utilizaram-se testes para análise dos resultados: foi testada a homogenei- dade de cada variável pelos testes t-Student, Qui-Quadrado e teste de Tukey; para correlacionar variáveis utilizou-se a aná- lise de variância (ANOVA). A relação entre a espessura foveal central no tomografia de coerência óptica com a acuidade visual e a hemoglobina glicosilada foi estudada através de regressão linear. Resultados: Registrou-se não haver diferença significativa entre casos e controles nas variáveis idade (p=0,343) e sexo (p=0,793). Os valores da espessura foveal central para o sexo masculino foram maiores que no sexo feminino (p<0,05) mostrando que a variável sexo interfere nos valores da espessura foveal central. Dos pacientes diabéticos com edema macular clinicamente significativo, 83,33% apre- sentavam retinopatia diabética não-proliferativa moderada, 10% retinopatia diabética não-proliferativa leve e 6,66% re- tinopatia diabética não-proliferativa grave. Os pacientes em tratamento combinado de insulina com hipoglicemiante oral apresentaram influência nos resultados da espessura foveal central pela tomografia de coerência óptica e na acuidade visual. A duração média do diabetes foi de 9,63 anos. Registra- ram-se valores da espessura foveal central pela tomografia de coerência óptica sempre maiores nos pacientes que no grupo controle (p<0,001). As medidas da HbA1c não influenciaram os valores da espessura foveal central (p=0,130) e as medidas da acuidade visual se correlacionaram significativamente com espessura foveal central (p=0,02). Conclusão: Os resultados deste estudo mostraram a aplicabilidade da tomografia de coerência óptica na detecção do edema macular diabético em pacientes com acuidade visual melhor ou igual a 20/40, ao longo de um ano, mostrando o espessamento retiniano nos estágios iniciais de retinopatia diabética. Evidenciou-se a cor- relação entre o aumento da espessura foveal central e a piora da acuidade visual. As medidas da HbA1c não influenciaram nas medidas da espessura foveal central. A detecção precoce do edema macular clinicamente significativo leva-nos a redi- mensionar o real significado da retinopatia incipiente, poden- do prevenir perdas acentuadas da visão.
Abstract: Purpose: 1) Diagnose, through optical coherence tomography (OCT) exam, the occurrence of diabetic macular edema in patients with diabetic retinopathy and visual acuity of 20/40 or better, by measuring the foveal center point thickness, during one year. 2) Evaluate the edema natural history, during this period, associating the center point thickness with hemoglobin A1c and changes in visual acuity. 3) Correlate the obtained results with the control group. Methods: A prospective study was done, of a sample of 30 patients with diabetic macular edema and visual acuity of 20/40 or better. Measurements of the best corrected visual acuity, hemoglobin A1c level, biomicroscopy with 78-diopter lens, fluorescein angiogram and optical coherence tomography were made. The retinal thickness was selected as the main variable. Besides descriptive statistics, additional tests were applied to analyze the results and determine the correlation between these variables, such as t-Student, Chi-Square, Tukey and ANOVA. The relation of optical coherence tomography with visual acuity and hemoglobin A1c was studied through linear regression. Re- sults: It was found that there is no significant difference between patients and normal individuals, for the variables age and gender. The values of center point thickness found for men were greater than those for women, showing the influence of gender on that thickness. As many as 83.33% of the diabetic patients with clinically significant macular edema presented moderate non-proliferative diabetic retinopathy (NPDR), 10% presented mild NPDR and 6.66% severe non-proliferative diabetic retinopathy. Patients under combined treatment of insulin and oral hypoglycemiant presented influence on the results of center point thickness (through OCT) and visual acuity. The mean duration of diabetes was 9.63 years. Values of center point thickness were always found greater for patients than those for normal eyes. Levels of hemoglobin A1c did not have influence on the center point thickness data, whereas values of visual acuity were significantly correlated with it. Conclusion: This study presents the optical coherence tomography applicability in the detection and semiologic evaluation of diabetic macular edema in patients with visual acuity 20/40 or greater, during one year, showing the retinal thickening in the early stages of diabetic retinopathy. Further, it evidenciated the correlation between the increase in foveal thickness and the reduction in visual acuity. Levels of hemoglobin A1c did not influence the center point thickness data. An early detection of clinically significant macular edema leads us to a redefinition of the real meaning of incipient retinopathy and can prevent further significant reduction of vision.
Palavras-chave: Diabetic retinopathy
Visual acuity
Macular edema
Tomography, optical coherence
Light coagulation/methods
Fovea centralis
Retinopatia diabética
Acuidade visual
Edema macular
Fóvea central
Tomografia de coerência óptica
Fotocoagulação/métodos
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: HANNOUCHE, Rosana Zacarias; ÁVILA, Marcos Pereira de. Retinal thickness measurement and evaluation of natural history of the diabetic macular edema through optical coherence tomography. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia, São Paulo, v. 72, n. 4, p. 433-438, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0004-27492009000400002
Identificador do documento: 10.1590/S0004-27492009000400002
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17613
Data de publicação: 2009
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Rosana Zacarias Hannouche - 2009.pdf732,59 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons