Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17620
Tipo do documento: Artigo
Título: Instrumentos em Língua Brasileira de Sinais para avaliação da qualidade de vida da população surda
Título(s) alternativo(s): Instruments in Brazilian Sign Language for assessing the quality of life of the deaf population
Autor: Duarte, Neuma ChaveiroI Soraya Bianca Reis
Freitas, Adriana Ribeiro de
Barbosa, Maria Alves
Porto, Celmo Celeno
Fleck, Marcelo Pio de Almeida
Resumo: OBJETIVO: Construir a versão em Língua Brasileira de Sinais dos instrumentos WHOQOL-BREF e WHOQOL-DIS para avaliar a qualidade de vida da população surda brasileira. MÉTODOS: Utilizou-se metodologia proposta pela Organização Mundial da Saúde (WHOQOL-BREF e WHOQOL-DIS) para a construção dos instrumentos adaptados para população surda em Língua Brasileira de Sinais (Libras). A pesquisa para execução do instrumento consistiu de 13 etapas: 1) criação do sinal qualidade de vida; 2) desenvolvimento das escalas de respostas em Libras; 3) tradução por um grupo bilíngue; 4) versão reconciliadora; 5) primeira retrotradução; 6) produção da versão em Libras a ser disponibilizada aos grupos focais; 7) realização dos grupos focais; 8) revisão por um grupo monolíngue; 9) revisão pelo grupo bilíngue; 10) análise sintática/semântica e segunda retrotradução; 11) reavaliação da retrotradução pelo grupo bilíngue; 12) fi lmagem da versão para o software; 13) desenvolvimento do software WHOQOL-BREF e WHOQOL-DIS em Libras. RESULTADOS: Características peculiares da cultura da população surda apontaram a necessidade de adaptações na metodologia de aplicação de grupos focais quando compostos por pessoas surdas. As convenções ortográfi cas da escrita das línguas sinalizadas não estão consolidadas, o que trouxe difi culdades em registrar grafi camente as etapas de tradução. As estruturas linguísticas que causaram maiores problemas de tradução foram as que incluíram expressões idiomáticas do português, muitas sem conceitos equivalentes entre o português e a Libras. Foi possível construir um software do WHOQOL-BREF e WHOQOL-DIS em Libras. CONCLUSÕES: O WHOQOL-BREF e o WHOQOL-DIS em Libras possibilitarão que os surdos se expressem autonomamente quanto a sua qualidade de vida, o que permitirá investigar com maior precisão essas questões.
Abstract: OBJECTIVE: To construct versions of the WHOQOL-BREF and WHOQOL-DIS instruments in Brazilian sign language to evaluate the Brazilian deaf population’s quality of life. METHODS: The methodology proposed by the World Health Organization (WHOQOL-BREF and WHOQOL-DIS) was used to construct instruments adapted to the deaf community using Brazilian Sign Language (Libras). The research for constructing the instrument took placein 13 phases: 1) creating the QUALITY OF LIFE sign; 2) developing the answer scales in Libras; 3) translation by a bilingual group; 4) synthesized version; 5) fi rst back translation; 6) production of the version in Libras to be provided to the focal groups; 7) carrying out the Focal Groups; 8) review by a monolingual group; 9) revision by the bilingual group; 10) semantic/syntactic analysis and second back translation; 11) re-evaluation of the back translation by the bilingual group; 12) recording the version into the software; 13) developing the WHOQOL-BREF and WHOQOL-DIS software in Libras. RESULTS: Characteristics peculiar to the culture of the deaf population indicated the necessity of adapting the application methodology of focal groups composed of deaf people. The writing conventions of sign languages have not yet been consolidated, leading to diffi culties in graphically registering the translation phases. Linguistics structures that caused major problems in translation were those that included idiomatic Portuguese expressions, for many of which there are no equivalent concepts between Portuguese and Libras. In the end, it was possible to create WHOQOL-BREF and WHOQOL-DIS software in Libras. CONCLUSIONS: The WHOQOL-BREF and the WHOQOL-DIS in Libras will allow the deaf to express themselves about their quality of life in an autonomous way, making it possible to investigate these issues more accurately.
Palavras-chave: Perda auditiva
Qualidade de vida
Organização mundial da saúde
Questionários
Traduções
Linguagem de sinais
Validade dos testes
Reprodutibilidade dos testes
Saúde da pessoa com deficiência
Hearing loss
Quality of life
World health organization
Questionnaires
Translations
Sign language
Validity of tests
Reproducibility of results
Health of the disabled
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: CHAVEIRO, Neuma; DUARTE, Soraya Bianca Reis; FREITAS, Adriana Ribeiro de; BARBOSA, Maria Alves; PORTO, Celmo Celeno; FLECK, Marcelo Pio Almeida. Instrumentos em Língua Brasileira de Sinais para avaliação da qualidade de vida da população surda. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 47, n. 3, p. 616-623, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0034-8910.2013047004136
Identificador do documento: 10.1590/S0034-8910.2013047004136
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17620
Data de publicação: 2013
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Neuma Chaveiro - 2013.pdf60,29 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons