Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17723
Tipo do documento: Artigo
Título: Relação do paciente surdo com o médico
Título(s) alternativo(s): The relation between deaf patients and the doctor
Autor: Chaveiro, Neuma
Porto, Celmo Celeno
Barbosa, Maria Alves
Resumo: A comunicação não-verbal é importante no atendimento aos pacientes surdos e permite a excelência do cuidar em saúde. Objetivo: Analisar os aspectos legais e socioculturais da relação entre o paciente surdo e o médico. Método: Foram utilizadas as bases de dados informatizados para a coleta de dados, no período de 1996 a 2006, tendo como palavras-chave “paciente”, “surdo”, “comunicação” e “saúde”. Realizou-se também busca não-sistemática em publicações científicas. Resultados: Foram agrupados em duas categorias: a comunicação do paciente surdo com o médico ouvinte que trata das barreiras no atendimento ao paciente surdo e a importância da comunicação não-verbal na assistência à saúde. O surdo, sua língua e a relação médico-paciente que aborda as características da Língua de Sinais, tendo como respaldo constitucional a Lei Federal nº 10.436/02. Conclusão: Quando os pacientes surdos e os médicos se encontram, se deparam com barreiras comunicativas que comprometem o vínculo a ser estabelecido e a assistência prestada, podendo interferir no diagnóstico e no tratamento. Ficou clara a necessidade de as instituições públicas oportunizarem programas que visem à formação dos profissionais para adequada assistência aos pacientes surdos.
Abstract: Non-verbal communication is important when caring for deaf patients, fostering excellence in health care. Aim: an analysis of the legal and sociocultural aspects of the relation between deaf patients and physicians. Methods: Computerized databases for the period between 1996 and 2006 were used for collecting data; the keywords “patient”, “deaf person”, “communication” and “health” were used. A non-systematic search was made in scientific publications. Results: These studies were grouped into two categories: communication between deaf patients and physicians, who has to deal with communication barriers when caring for deaf patients, and the importance of non-verbal communication in healthcare. Deaf persons, their language, and their relation with physicians show the importance of sign language, endorsed by the Federal Law 10.436/02. Conclusions: When deaf patients and physicians meet, they need to overcome communication barriers that may hinder the necessary bond in healthcare and the care that is provided; this may also affect the diagnosis and treatment. It is clear that public institutions should create programs for training healthcare professionals in the appropriate care of deaf patients.
Palavras-chave: Comunicação
Linguagem de sinais
Pessoas com insuficiência auditiva
Relações médico-paciente
Surdez
Communication
Sign language
Hearing-impaired persons
Relation between physician and patient
Deafness
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: CHAVEIRO, Neuma; PORTO, Celmo Celeno; BARBOSA, Maria Alves. Relação do paciente surdo com o médico. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, São Paulo, v. 75, n. 1, p. 147-150, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0034-72992009000100023
Identificador do documento: 10.1590/S0034-72992009000100023
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17723
Data de publicação: 2009
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Neuma Chaveiro - 2009.pdf129,49 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons