Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17769
Tipo do documento: Artigo
Título: Úlceras por pressão em pacientes em cuidados paliativos domiciliares: prevalência e características
Título(s) alternativo(s): Pressure ulcers in palliative home care patients: prevalence and characteristics
Úlceras por presión en pacientes en cuidados paliativos domiciliarios: prevalencia y características
Autor: Queiroz, Ana Carolina de Castro Mendonça
Mota, Dálete Delalibera Corrêa de Faria
Bachion, Maria Marcia
Ferreira, Ana Cássia Mendes
Resumo: Pessoas em cuidados paliativos desenvolvem úlceras por pressão (UPP) à medida que a morte se aproxima, contudo, pouco se sabe sobre a dimensão do problema. Realizou-se um estudo descritivo, transversal e quantitativo, cujos objetivos foram: identificar a prevalência de úlceras por pressão em pessoas com câncer em cuidados paliativos domiciliares, comparar o perfil sociodemográfico e clínico dos pacientes com e sem úlceras por pressão e analisar as características das úlceras encontradas nessas pessoas. A amostra foi constituída por 64 pessoas com câncer avançado, em cuidados paliativos domiciliares, a maioria (75,0%) do sexo masculino. Doze (18,8%) apresentaram de uma a três UPP, totalizando 19 lesões, 89,4% desenvolvidas no domicílio e 47,4% de estágio 3. A presença de UPP foi maior entre aqueles que tinham história de lesão anterior. A UPP é um evento de ocorrência expressiva na população estudada, indicando que medidas preventivas devem ser incluídas na atuação das equipes de cuidados paliativos domiciliares.
Abstract: Persons in palliative care develop pressure ulcers (PU) as death approaches, but the extent of the problem is still unknown. The objectives were to identify the prevalence of pressure ulcers in people with cancer in palliative home care, compare the sociodemographic and clinical profile of patients with and without pressure ulcers, and analyze the characteristics of the ulcers. This descriptive, cross-sectional study included 64 people with advanced cancer in palliative home care. Twelve of them (18.8%) had PU, of whom 75.0% were men. The participants had one to three PU, amounting to 19 lesions, 89.4% of those developed at home and 47.4% at stage 3. The presence of PU was higher among those who had a history of previous wound. PU consisted of a significant event occurring in the studied population, indicating that preventive measures should be included in the home palliative care health team.
Las personas en cuidados paliativos desarrollan úlceras por presión (UPP) a medida que se acerca la muerte, sin embargo, se desconoce la magnitud del problema. Se realizó un estudio descriptivo, transversal y cuantitativo cuyos objetivos fueron: identificar la prevalencia de las úlceras por presión en pacientes con cáncer en cuidados paliativos domiciliarios, comparar el perfil sociodemográfico y clínico de los pacientes con y sin úlceras por presión y analizar las características de las úlceras encontradas en estas personas. La muestra se constituyó de 64 personas con cáncer avanzado, la mayoría de sexo masculino (75,0%) en cuidados paliativos domiciliarios. Doce participantes (18,8%) tuvieron entre una a tres UPP, con un total de 19 lesiones, de las cuales el 89,4% se desarrolló en el domicilio y el 47,4% estaban en la etapa 3. La prevalencia de UPP fue mayor entre los que tenían antecedentes de lesiones previas. El desarrollo de UPP es un hecho relevante que ocurre en la población estudiada, lo que indica que es primordial incluir medidas preventivas en el trabajo de los equipos de cuidados paliativos domiciliarios.
Palavras-chave: Neoplasias
Úlcera por pressão
Cuidados paliativos
Enfermagem oncológica
Assistência domiciliar
Neoplasms
Pressure ulcer
Palliative care
Oncologic nursing
Home nursing
Úlcera por presión
Enfermería oncológica
Atención domiciliaria de salud
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: QUEIROZ, Ana Carolina de Castro Mendonça; MOTA, Dálete Delalibera Corrêa de Faria; BACHION, Maria Marcia; FERREIRA, Ana Cássia Mendes Úlceras por pressão em pacientes em cuidados paliativos domiciliares: prevalência e características. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 48, n. 2, p. 264-271, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0080-6234201400002000010
Identificador do documento: 10.1590/S0080-6234201400002000010
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17769
Data de publicação: 2014
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Ana Carolina de Castro Mendonça Queiroz - 2014.pdf584,24 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons