Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17952
Tipo do documento: Artigo
Título: Estudo experimental comparando o uso do 2-octil cianoacrilato ao nylon 4-0 na sutura da pele
Título(s) alternativo(s): Experimental study comparing 2-octyl cyanoacrylate to nylon for skin closure
Autor: Freitas Júnior, Ruffo de
Paulinelli, Régis Resende
Rahal, Rosemar Macedo Sousa
Moreira, Marise Amaral Rebouças
Oliveira, Evelling Lorena Cerqueira de
Aiko, Kariza Frantz
Approbato, Mário Silva
Resumo: Objetivo: Comparar o 2-octil cianoacrilato com o fio de “nylon” no fechamento da pele em ratos. Métodos: Vinte e cinco ratos da linhagem Wistar, foram submetidos à incisão de 3 cm de cada lado do abdome. A síntese foi feita utilizando em um dos lados o “nylon” 4.0, pontos intradérmicos, e do outro o 2-octil cianoacrilato. Após sete dias, o fio foi removido e as incisões, analisadas quanto às complicações. Após 40 dias, o resultado da cicatriz foi avaliado. Os ratos foram sacrificados, as cicatrizes foram ressecadas, fixadas e enviadas ao patologista, sem informação sobre qual o método utilizado. Resultados: Houve dois óbitos durante a anestesia e um tardio. O tempo de operação foi de 136 segundos com a cola e 176 segundos, com o “nylon” (P=0,003). Dentre as 50 operações realizadas, as complicações foram: um hematoma com cada método (P=0,80), quinze deiscências da cola contra 11 do “nylon” (P=0,20), sete cicatrizes de aspecto ruim ou razoável da cola contra quatro do “nylon” (P=0,30), três infecções na cola contra duas (P=0,40). Ao exame patológico, a mediana da largura da cicatriz foi de 1.119 micra com a cola e 1.800 com o “nylon” (P=0,40). A espessura foi de 1.795 contra 1.705 micra (P=0,40). Conclusão: O 2-octil cianoacrilato apresentou o mesmo aspecto cicatricial, a mesma resistência e as mesmas complicações que a sutura com o “nylon” 4.0, porém permitindo redução no tempo cirúrgico (Rev. Col. Bras. Cir. 2008; 35(3): 194-198).
Abstract: Background: Tissue adhesive 2-octyl cyanoacrylate was developed to have more strength, less inflammatory reaction, and less histotoxicity than its shorter-chain derivates. Methods: To evaluate the use of 2-octil cyanoacrylate in comparison with “nylon” suture in skin closure of rats. Methods: Twenty-five female Wistar rats were submitted to a 3cm surgical incision in each side of the abdomen. The wound was closed with intradermic suture using “nylon” 4-0 in one side, and 2-octil cyanoacrylate on the other side. After 7 days the thread was removed and the wound was checked for complications. After 40 days the wound aspect was clinically evaluated. The rats were sacrificed; the scars were resected, and sent to the pathologist without the information of which closing method was used. Results: There were 2 deaths during anesthesia or few days after surgery. The mean surgical time was 136 seconds with the adhesive and 176 with “nylon” (P=0.003). The complications were: one hematoma in each method (P=0.8), fifteen wound dehiscence with the adhesive and 11 with “nylon” (P=0.2), seven scars with a bad or fair aspect with adhesive and 4 with “nylon” (P=0.3), three infections with adhesive and 2 with “nylon” 2 (P=0.4). Histological examination showed median scar width of 1.119 micron with the adhesive and 1.800 with “nylon” (P=0.7). The mean thickness was 1.795 in the adhesive group versus 1.705 micron (P=0.7). Conclusion: Surgical adhesive showed the same aesthetical results, the same strength, and the same complications as for “nylon” 4.0 sutures, but the adhesive decreased the surgical time.
Palavras-chave: Técnicas de sutura
Ratos, modelo experimental
Pele
Cianoacrilatos/uso terapêutico
Nylons
Suture techniques
Skin
Experimental model
Cyanoacrylates/therapeutic use
Rats
Nylons
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: FREITAS-JUNIOR, Ruffo de et al. Estudo experimental comparando o uso do 2-octil cianoacrilato ao nylon 4-0 na sutura da pele. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, Rio de Janeiro, v. 35, n. 3, p. 194-198, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0100-69912008000300011 
Identificador do documento: 10.1590/S0100-69912008000300011 
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17952
Data de publicação: Jun-2008
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Ruffo de Freitas Júnior - 2008.pdf114,52 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons