Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18015
Tipo do documento: Artigo
Título: Identidades fraturadas: variações do duplo em Dois Irmãos, de Milton Hatoum
Título(s) alternativo(s): Fraturated identities: variations of double in Two Brothers, by Milton Hatoum
Identidades fracturadas: variaciones del doble en Dois Irmãos, de Milton Hatoum
Autor: Camargo, Flávio Pereira
Silva, Alex Bruno da
Resumo: Neste artigo, propomos uma análise das variações do mito do duplo no romance Dois irmãos, de Milton Hatoum, publicado em 2000. Com base nos pressupostos teórico-críticos de Bravo (1997), Rank (2013), Bachelard (1993), Rosset (1999) e Freud (1996), pretendemos demonstrar que, para além do tema dos irmãos gêmeos, o duplo, em Dois irmãos, pode ser lido em mais dois aspectos de duplicidade: a configuração do narrador, que tenta definir sua identidade como espelho do outro, e a imagem da casa em ruínas, espaço que reflete duplamente a decadência da família libanesa, bem como a identidade cultural do imigrante em terra alheia.
Abstract: In this article, we propose an analysis of the variations of the double myth in Milton Hatoum’s novel Two Brothers, published in 2000. Based on the theoretical and critical assumptions from Bravo (1997), Rank (2013), Bachelard (1993), Rosset (1999) and Freud ( 1996), it is intended to demonstrate that in addition to the theme of the twin brothers the double, in Two Brothers, can be read in two other aspects of duplicity: the narrator configuration, which tries to define its identity as mirror other; and the image of the house in ruins, a space that doubly reflects the decadence of the Lebanese family, as well as the immigrant’s cultural identity on the land of others
En este artículo, proponemos un análisis de las variaciones del mito del doble en la novela Dois irmãos, de Milton Hatoum, publicado en 2000. Con base en las conjeturas teórico-críticas de Bravo (1997), Rank (2013), Bachelard (1993), Rosset (1999) y Freud (1999) (1996), pretendemos demostrar que, además del tema de los hermanos gemelos, el doble, en Dois irmãos, puede ser leído en dos aspectos de duplicidad: la configuración del narrador, que intenta definir su identidad como espejo del espejo del otro; y la imagen de la casa en ruinas, espacio que refleja doblemente la decadencia de la familia libanesa, así como la identidad cultural del inmigrante en tierra ajena.
Palavras-chave: Gêmeos
Narrador
Espaço
Memória
Twins
Narrator
Space
Memory
Gemelos
Narrador
Espacio
Memoria
País: Brasil
Instituição: Joana Plaza Pinto
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Letras - FL (RG)
Citação: CAMARGO, Flávio Pereira; SILVA, Alex Bruno da. Identidades fraturadas: variações do duplo em Dois Ir­mãos, de Milton Hatoum.Signótica, Goiânia, v. 30, n. 3, p. 346-364, jul./set. 2018. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/sig/article/view/51087.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/sig.v30i3.51087
Identificador do documento: 10.5216/sig.v30i3.51087
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18015
Data de publicação: Set-2018
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Flávio Pereira Camargo - 2018.pdf232,9 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons