Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18108
Tipo do documento: Artigo
Título: Violência e juventude em Goiás: narrativas dos jovens de escolas públicas
Título(s) alternativo(s): Violence and youth in Goias: narratives of young people from public schools
Violencia y juventud en Goias: narrativas de los jovenes de escuelas publicas
Autor: Alves, Miriam Fábia
Resumo: Objetivamos analisar a narrativa de jovens das escolas públicas de Goiás acerca das relações entre violência e juventudes. As narrativas foram obtidas por meio da realização de rodas de conversa e questionário com 271 jovens do 3o ano do ensino médio de escolas estaduais em quatro cidades goianas marcadas por altos índices de violência: Aparecida de Goiânia, Goiânia, Luziânia e Rio Verde. Pode-se concluir que as narrativas dos jovens revelam matizes importantes para compreender o fenômeno da violência juvenil, pois, de um lado, ecoam o discurso hegemônico de que o jovem é violento e, de outro, reconhecem os jovens como vítimas do sistema e apontam a importância das instituições e da ação estatal para o enfrentamento da violência.
Abstract: We aim to analyze the narratives of youths from public schools of Goiás, regarding the relationship between violence and youth. The narratives were obtained through conversation circles and questionnaires with 271 kids from the third year of high school, from state schools in four cities in Goias, characterized by high levels of violence: Aparecida de Goiânia, Goiânia, Luziânia, and Rio Verde. It can be concluded that the young people’s narratives reveal important aspects to understand the phenomenon of youth violence because, on the one hand, it echoes the hegemonic discourse that young people are violent, and, on the other hand, we have the narratives that recognize young people as victims of the system and point out the importance of institutions and state action to confront violence.
Objetivamos analizar la narrativa de los jóvenes de las escuelas públicas de Goiás acerca de las relaciones entre violencia y juventudes. Las narrativas fueron obtenidas por medio de la realización de “Rodas de Conversa” así como de la realización de un cuestionario a 271 jóvenes de lo tercer año de la enseñanza media de escuelas estatales en cuatro ciudades goianas marcadas por altos índices de violencia: Aparecida de Goiânia, Goiânia, Luziânia y Rio Verde. Se puede concluir que las narrativas de los jóvenes revelan matices significativos para comprender el fenómeno de violencia juvenil, pues de un lado resuena el discurso hegemónico de que el joven es violento, y de otro, las narrativas que reconocen a los jóvenes como víctimas del sistema y apuntan la importancia de las instituciones y de la acción estatal para el enfrentar la violencia.
Palavras-chave: Jovens
Violência
Goiás
Narrativas
Youths
Violence
Narratives
Jóvenes
Violencia
País: Brasil
Instituição: Diane Valdez
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Educação (FE) - RG
Citação: ALVES, Miriam Fábia. Violência e juventude em Goiás: narrativas dos jovens de escolas públicas. Inter-Ação, Goiânia, v. 43, n. 2, p. 433-449, maio/ago. 2018. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/interacao/article/view/52504/26802.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: https://doi.org/10.5216/ia.v43i2.52504
Identificador do documento: https://doi.org/10.5216/ia.v43i2.52504
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18108
Data de publicação: Ago-2018
Aparece nas coleções:FE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Miriam Fábia Alves - 2018.pdf622,67 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons