Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18110
Tipo do documento: Artigo
Título: Civilização, violência e educação: uma leitura a partir de Freud e Adorno
Título(s) alternativo(s): Civilization, violence and education: a reading from Freud and Adorno
Civilizacion, violencia y educacion: una lectura a partir de Freud y Adorno
Autor: Santos, Dayanna Pereira dos
Resumo: Este artigo discute alguns pontos do pensamento de Adorno e Horkheimer e da teoria freudiana, destacando-se a temática da existência e da violência na tensão entre a coletividade e a individualidade. Para tanto, busca-se identificar as raízes do conflito entre as pulsões e a cultura e a forma com que a repressão comparece na civilização. Sob esse marco teórico, a reflexão sobre sujeito-sociedade terá como objetivo realçar tramas e enlaces aparentes e abstrusos operantes no processo civilizatório em resistência e oposição à consubstancialização do sujeito com a realidade exterior e os votos de violência prenunciados pela sociedade capitalista.
Abstract: Abstrac t: This article proposes the reflection on some points of the thinking of Adorno and Horkheimer and the Freudian theory, emphasizing the thematic of the existence and the violence in the tension between the collective and the individuality. In order to do so, it seeks to identify the roots of the conflict between the drives and the culture and the form that repression appears in civilization. Under this theoretical framework, reflection on individual-society will aim to highlight apparent and abstruse frames and links operative in the civilizing process in resistance and opposition to the consubstantiation of the subject with the external reality and the vows of violence foreshadowed by capitalist society.
Este artículo discute algunos puntos del pensamiento de Adorno y Horkheimer y de la teoría freudiana, destacando el tema de la existencia y la violencia en la tensión entre la colectividad y la individualidad. Para ello, se busca identificar las raíces del conflicto entre las pulsiones y la cultura y cómo la represión aparece en la civilización. En este marco teórico, la reflexión sobre individuo-sociedad tendrá el objetivo de enaltecer tramas y enlaces aparentes y complicados que actúan en el proceso civilizatorio en resistencia y oposición a la consubstancialización del sujeto con la realidad exterior y los votos de violencia presagiados por la sociedad capitalista.
Palavras-chave: Civilização
Repressão
Violência
Educação
Humanização
Civilization
Repression
Violence
Education
Humanization
Civilización
Represión
Violencia
Educación
Humanización
País: Brasil
Instituição: Diane Valdez
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Educação (FE) - RG
Citação: SANTOS, Dayanna Pereira. Civilização, violência e educação: uma leitura a partir de Freud e Adorno. Inter-Ação, Goiânia, v. 43, n. 2, p. 529-548, maio/ago. 2018. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/interacao/article/view/52261/26808.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/ia.v43i2.52261
Identificador do documento: 10.5216/ia.v43i2.52261
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18110
Data de publicação: Ago-2018
Aparece nas coleções:FE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Dayanna Pereira dos Santos - 2018.pdf637,29 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons