Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18120
Tipo do documento: Artigo
Título: Acumulación de capital, despojo y disputas de espacios agrarios en Brasil y México
Título(s) alternativo(s): accumulation of capital, dispossession and disputes of agrarian spaces in Brazil and México
Cumulação de capital, desapropriação e disputas de espaços agrários no Brasil e no México
Autor: Ávila Romero, Agustín
Oliveira, Adriano Rodrigues de
Ávila Romero, Leon Enrique Ávila
Resumo: O acúmulo de capital na América Latina tem provocado o processo de desapropriação de terras para os camponeses e os povos indígenas em diferentes nações. O México e o Brasil estão submetidos à essa lógica, mesmo com adoção de políticas governamentais distintas, de governos populares que ascenderam ao poder nas últimas décadas, implementando políticas econômicas e agrícolas distintas. Por meio de revisão bibliográfica e análise de dados e informações secundárias, apresentamos um processo de disputas nos espaços agrários entre grandes corporações transnacionais e os produtores rurais das duas nações. Assim, o espaço agrário é marcado pela expansão do agronegócio, do neoextrativismo e da mercantilização da natureza. Assim, uma reconfiguração geográfica do capital é construída, submetendo esses países ao capitalismo global, caracterizada pela subsunção real do território ao capital que leva à construção de regimes de expropriação em ambas as nações e o fortalecimento da colonialidade e da concentração e estrangeirização da terra.
Abstract: indígenas en diferentes naciones. Y México y Brasil se encuentran inmersos en esa dinámica pese a tener por varios años otros diseños de política económica y agropecuaria. A través de una investigación bibliográfica y de base de datos, encontramos un proceso de disputas de los espacios agrarios entre las grandes corporaciones trasnacionales y los productores rurales de ambas naciones. Así el espacio agrario se encuentra marcado por el impulso del agronegocio, el neoextractivismo y la mercantilización de la naturaleza. Se construye así una reconfiguración geográfica del capital, donde dichos países se insertan de manera subordinada en el capitalismo global. Se presenta un proceso de subsunción real del territorio al capital que conlleva a la construcción de regímenes de desapropiación en ambas naciones y el fortalecimiento de la colonialidad y la concentración y extranjerización de tierras.
The accumulation of capital in Latin America causes a process of dispossession of lands to peasants and indigenous peoples in different nations. And Mexico and Brazil are immersed in this dynamic despite having for several years other designs of economic and agricultural policy. Through a bibliographic and database research, we find a process of disputes between agrarian spaces between large transnational corporations and rural producers of both nations. Thus, the agrarian space is marked by the impulse of agribusiness, neoextractivism and the commodification of nature. Thus, a geographical reconfiguration of capital is constructed, where these countries are subordinated to global capitalism. It presents a process of real subsumption of the territory to capital that leads to the construction of regimes of expropriation in both nations and the strengthening of coloniality and the concentration and foreignization of land.
Palavras-chave: Despojo
Campesinos
Agronegocio
Brasil
México
Dispossession
Peasants
Agribusiness
Brazil
Espoliação
Camponeses
Agronegócio
País: Brasil
Instituição: Tadeu Alencar Arrais
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Estudos Socioambientais (IESA) - RG
Citação: ÀVILA ROMERO, Agustín; OLIVEIRA, Adriano Rodrigues de; ÁVILA ROMERO, Leon Enrique. Acumulación de capital, despojo y disputas de espacios agrarios en Brasil y México. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 38, n. 2, p. 297-316, mayo/agosto 2018. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/bgg/article/view/54611/26115.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/bgg.v38i2.54611
Identificador do documento: 10.5216/bgg.v38i2.54611
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18120
Data de publicação: Ago-2018
Aparece nas coleções:IESA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Agustín Ávila Romero - 2018.pdf649,08 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons