Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18172
Tipo do documento: Artigo
Título: The relationship between body mass index and lifestyle in a Brazilian adult population: a cross-sectional survey
Título(s) alternativo(s): Relação entre índice de massa corporal e estilo de vida em uma população adulta do Brasil: um estudo transversal
Autor: Peixoto, Maria do Rosário Gondim
Benicio, Maria Helena D Aquino
Jardim, Paulo César Brandão Veiga
Resumo: Este estudo investigou a prevalência de obesidade e a associação de variáveis sócio-demográficas, estilo de vida, atividade física, comportamento alimentar e freqüência de consumo alimentar, e o índice de mas- sa corporal (IMC) da população adulta de Goiânia, Goiás, Brasil. Estudo transversal de base populacional, em 2001, com 1.252 indivíduos de 20-64 anos. A asso- ciação entre as variáveis sócio-demográficas, estilo de vida, consumo alimentar e atividade física e o IMC foi avaliada por meio de análise de regressão linear múl- tipla hierarquizada. A prevalência de obesidade foi de 10,7% (homens) e de 13,9% (mulheres). Para os ho- mens, idade, renda e consumo de carnes apresentaram associação positiva com IMC, enquanto que atividade física no lazer, atividade física no deslocamento para o trabalho e o hábito de fazer ≥ 4 refeições por dia apre- sentaram associação negativa. Para as mulheres, ida- de, abandono do tabagismo, tempo assistindo à TV e consumo de carnes apresentaram associação positiva, já o consumo de cereais apresentou associação nega- tiva. Foi observada alta prevalência de obesidade; um estilo de vida ativo, ingestão de mais cereais e menos carnes, promoveram maior proteção contra a elevação do IMC.
Abstract: This study focused on adult obesity prevalence in Goiânia, Goiás State, Brazil, and the associa- tion between socio-demographic variables, life- style, physical activity, eating habits, and food consumption frequency and body mass index (BMI). A cross-sectional study was conducted in 2001 with a sample of 1,252 individuals from 20 to 64 years of age. The association between socio- demographic variables, lifestyle, food consump- tion, and physical activity and BMI was evalu- ated by hierarchical multiple linear regression analysis. Obesity prevalence was 10.7% in men and 13.9% in women. In males, age, income, and meat consumption showed a positive asso- ciation with BMI, while physical activity during leisure time and commuting and the habit of eating ≥ 4 meals per day were inversely associ- ated with BMI. In women, positively associated factors were age, no smoking, and no meat con- sumption; in contrast, consumption of grains was inversely associated with BMI. High obesity prevalence was observed; active lifestyle coupled with ingestion of more grains and less meat ap- peared to protect against increased BMI.
Palavras-chave: Food consumption
Life style
Physical activity
Obesity
Consumo de alimentos
Estilo de vida
Atividade física
Obesidade
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: PEIXOTO, Maria do Rosário Gondim; BENICIO, Maria Helena D'Aquino;  JARDIM, Paulo César Brandão Veiga. The relationship between body mass index and lifestyle in a brazilian adult population: a cross - sectional survey. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 23, n. 11, p. 2694-2704, Nov. 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0102-311X2007001100017
Identificador do documento: 10.1590/S0102-311X2007001100017
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18172
Data de publicação: Nov-2007
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Maria do Rosário Gondim Peixoto - 2007.pdf119,84 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons