Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18224
Tipo do documento: Artigo
Título: Internal quality control indicators of cervical cytopathology exams performed in laboratories monitored by the External Quality Control Laboratory
Título(s) alternativo(s): Avaliação de indicadores de controle de qualidade interno de exames de citopatologia cervical realizados em laboratórios monitorados pelo Laboratório Externo de Controle de Qualidade
Autor: Ázara, Cinara Zago Silveira
Manrique, Edna Joana Cláudio
Tavares, Suelene Brito do Nascimento
Souza, Nadja Lindany Alves de
Amaral, Rita Goreti
Resumo: Verificar o impacto da educação continuada realizada pelo Laboratório de Monitoramento Externo da Qualidade nos indicadores de monitoramento interno da qualidade dos exames citopatológicos. MÉTODOS: O estudo avaliou os indicadores de monitoramento interno da qualidade dos exames citopatológicos de 12 laboratórios monitorados pelo Laboratório de Monitoramento Externo da Qualidade, totalizando 185.194 exames, sendo 98.133 referentes ao período antes da educação continuada e 87.061 após a educação continuada. Os dados para avaliar os indicadores foram obtidos por meio do Sistema de Informações do Câncer do Colo do Útero disponibilizados pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. RESULTADOS: Verificou-se que, após a educação continuada, quatro laboratórios mantiveram o índice de positividade (IP) dentro do recomendado, quatro que estavam abaixo passaram a ter o IP dentro do recomendado, um permaneceu baixo, dois permaneceram muito baixo e um passou de muito baixo para baixo. Em relação ao indicador percentual de exames compatíveis com lesão intraepitelial escamosa de alto grau, cinco laboratórios mantiveram o índice dentro do recomendado, três que estavam abaixo do recomendado passaram a ter esse índice acima de 0,4 e quatro permaneceram abaixo do recomendado. Os indicadores atipias de significado indeterminado/alterados e razão atipias de significado indeterminado/lesões intraepiteliais mantiveram-se dentro do recomendado em todos os laboratórios. CONCLUSÃO: Observou-se melhora nos indicadores de positividade e percentual de exames compatíveis com lesão intraepitelial de alto grau, mostrando que o papel desempenhado pelo Laboratório de Monitoramento Externo da Qualidade contribui para o aprimoramento dos profissionais na detecção de lesões precursoras do câncer do colo do útero.
Abstract: URPOSE: To evaluate the impact of continued education provided by an external quality control laboratory on the indicators of internal quality control of cytopathology exams. METHODS: The internal quality assurance indicators for cytopathology exams from 12 laboratories monitored by the External Quality Control Laboratory were evaluated. Overall, 185,194 exams were included, 98,133 of which referred to the period preceding implementation of a continued education program, while 87,061 referred to the period following this intervention. Data were obtained from the Cervical Cancer Database of the Brazilian National Health Service. RESULTS: Following implementation of the continued education program, the positivity index (PI) remained within recommended limits in four laboratories. In another four laboratories, the PI progressed from below the limits to within the recommended standards. In one laboratory, the PI remained low, in two laboratories, it remained very low, and in one, it increased from very low to low. The percentage of exams compatible with a high-grade squamous intraepithelial lesion (HSIL) remained within the recommended limits in five laboratories, while in three laboratories it progressed from below the recommended levels to >0.4% of the total number of satisfactory exams, and in four laboratories it remained below the standard limit. Both the percentage of atypical squamous cells of undetermined significance (ASC-US) in relation to abnormal exams, and the ratio between ASC-US and intraepithelial lesions remained within recommended levels in all the laboratories investigated. CONCLUSION: An improvement was found in the indicators represented by the positivity index and the percentage of exams compatible with a high-grade squamous intraepithelial lesion, showing that the role played by the external quality control laboratory in providing continued education contributed towards improving laboratory staff skills in detecting cervical cancer precursor lesions.
Palavras-chave: Uterine cervical neoplasms/pathology
Mass screening/standards
Pathology clinical/standards
Quality control
Education, continuing
Neoplasias do colo do útero/patologia
Programas de rastreamento/normas
Patologia clínica/normas
Controle de qualidade
Educação continuada
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - FF (RG)
Citação: ÁZARA, Cinara Zago Silveira; MANRIQUE, Edna Joana Cláudio;  TAVARES, Suelene Brito do Nascimento; SOUZA, Nadja Lindany Alves de; AMARAL, Rita Goreti. Internal quality control indicators of cervical cytopathology exams performed in laboratories monitored by the External Quality Control Laboratory. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, Rio de Janeiro, v. 36, n. 9, p. 398-403, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/SO100-720320140004996 
Identificador do documento: 10.1590/SO100-720320140004996 
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18224
Data de publicação: 2014
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Cinara Zago Silveira Ázara - 2014.pdf155,26 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons