Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18229
Tipo do documento: Artigo
Título: Atenção farmacêutica em Goiânia: inserção do farmacêutico na estratégia saúde da família
Título(s) alternativo(s): Pharmaceutical care in Goiânia: inclusion of the pharmacist in the family health strategy
Autor: Provin, Mércia Pandolfo
Campos, Andrea de Paula
Nielson, Sylvia Escher de Oliveira
Amaral, Rita Goreti
Resumo: Com vistas no estabelecido na Política Nacional de Medicamentos, a Faculdade de Farmácia da UFG implantou, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia/Goiás, projeto de extensão universitária que propõe a inserção do farmacêutico na Estratégia Saúde da Família. Encontros foram realizados para sensibilização e apresentação do projeto às respectivas unidades de saúde, e a equipe de farmacêuticos local foi treinada para o exercício da atenção farmacêutica. Em 12 meses de desenvol- vimento do projeto, 50 pacientes (70% femininos), com idade média de 50 anos, foram assistidos. Entre estes, 40 (80%) apresentavam mais de uma enfermidade associada e 46 (92%) faziam o uso de dois ou mais fármacos, simultaneamente prescritos. Foram detectados 154 Problemas Relacionados com Medicamentos (PRM), com incidência de 3,1 PRM por paciente. O PRM mais frequente foi a falta de efetividade na terapêutica (49%), sendo 26,3% desses devido à falta de adesão ao tratamento. Conclui-se que a problemática envolvida na assistência à saú- de devido à falta de eficiência da farmacoterapia assume dimensões importantes. Atenção Farmacêu- tica como estratégia de Assistência Farmacêutica mostrou-se, potencialmente, capaz de melhorar a assistência à saúde dos usuários do SUS.
Abstract: In agreement with the Brazilian National Drug Po- licy, the School of Pharmacy of Universidade Federal de Goiás, in partnership with the Municipal Health Department of Goiânia, state of Goiás, created and implemented a university development project suggesting the inclusion of the pharmacist in the Family Health Strategy. Meetings were held in order to introduce the project to the respective primary care units and to train the teams of pharmacists in the exercise of pharmaceutical assistance. In the 12 months of the project, 50 patients with hypertension (70% female), with average age of 50, were assisted. Among those, 40 (80%) presented more than one associated illness and 46 (92%) used 2 or more drugs, simultaneously prescribed. In the study, 154 Medication-Related Problems (MRP) were detected, with an incidence of 3.1 MRP per patient. The most frequent MRP was lack of therapeutic efficacy (49%), and 26.3% of these were caused by lack of treatment adherence. It can be concluded that the health care problems caused by lack of pharmacotherapy effi- ciency assume important proportions. Pharmaceuti- cal Care as a strategy of Pharmaceutical Assistance in Family Health can be an efficient alternative to obtain better clinical and economic results, and to improve the healthcare provided for users of Brazil’s National Health System.
Palavras-chave: Atenção farmacêutica
Saúde da família
Atenção básica à saúde
Pharmaceutical care
Primary health care
Family health
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - FF (RG)
Citação: PROVIN, Mercia Pandolfo; CAMPOS, Andréa de Paula; NIELSON, Sylvia Escher de Oliveira; AMARAL, Rita Goreti. Atenção farmacêutica em Goiânia: inserção do farmacêutico na estratégia saúde da família. Saude e Sociedade, São Paulo, v. 19, n. 3, p. 717-724, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0104-12902010000300022.
Identificador do documento: 10.1590/S0104-12902010000300022.
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18229
Data de publicação: 2010
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Mércia Pandolfo Provin - 2010.pdf250,1 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons