Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18230
Tipo do documento: Artigo
Título: Controle da qualidade em citopatologia cervical: revisão da literatura
Título(s) alternativo(s): Quality control in cervical cytopathology: a leterature review
Autor: Tavares, Suelene Brito do Nascimento
Amaral, Rita Goreti
Manrique, Edna Joana Cláudio
Souza, Nadja Lindany Alves de
Albuquerque, Zair Benedita Pinheiro de
Zeferino, Luiz Carlos
Resumo: O exame citopatológico é importante ferramenta para a detecção das lesões precursoras do câncer do colo uterino que, naquele momento, são tratáveis, resultando em significante decréscimo da mortalidade. Entretanto, o exame citopatológico apresenta falhas, pois a taxa de resultados falso-negativos pode variar de 2% a 50%. Os resultados falso-negativos ocorrem principalmente devido a erro de coleta, de escrutínio e de interpretação. O controle interno e o externo da qualidade na rotina dos laboratórios têm como objetivo final melhorar o desempenho diagnóstico do exame citopatológico, além de possibilitar a avaliação do desempenho do escrutinador e a identificação de causas de erros relacionados à coleta. O controle interno da qualidade pode ser realizado regularmente e abrange o monitoramento da adequabilidade da amostra, a observação do tempo de escrutínio, o controle da carga de trabalho do escrutinador, a revisão hierárquica dos esfregaços e a revisão dos esfregaços negativos. O controle interno de qualidade também pode compreender a análise da correlação cito-histológica, a revisão de exames anteriores, o monitoramento estatístico da freqüência das lesões e da adequabilidade da amostra, a inclusão proposital de esfregaços anormais na rotina. Educação continuada, qualificação do pessoal e exame de proficiência periódico são estratégias a serem adotadas. Revisão aleatória ou total dos exames, revisão rápida ou detalhada são métodos que têm vantagens e desvantagens na detecção dos resultados falso-negativos. Cabe ao laboratório definir a melhor estratégia de controle interno da qualidade que permita a melhoria do processo técnico e, conseqüentemente, da qualidade do serviço dos laboratórios de citopatologia.
Abstract: Cervical cytopathology is an important tool for the detection of precursor lesions of cervical cancer, which are still treatable at that stage, thus resulting in a significant decrease in mortality. However, cervical cytopathology has drawbacks, with the false-negative rate varying from 2 to 50%. False-negative results are mainly due to errors in sample collection, examination, and interpretation. The ultimate objective of routine internal and external quality control in laboratories is to improve the test's diagnostic performance, evaluate screener performance, and identify causes of sample collection errors. Internal quality control can be performed regularly and involves monitoring the sample adequacy, duration of the examination, screener workload, hierarchical review of smears, and review of negative smears. Internal quality control can also include analysis of the cytology/histology correlation, review of previous exams, monitoring of statistics on frequency of lesions and sample adequacy, and deliberate inclusion of abnormal smears in routine exams. Continuing education, personnel training, and periodic proficiency exams are strategies that should be adopted. Random or 100% review of smears, rapid review, and detailed reviews are methods that have advantages and disadvantages for the detection of false-negative results. It is the laboratory's task to define the best strategy for internal quality control that will lead to improvement in technical procedures and consequently in the quality of the service provided by cytopathology laboratories.
Palavras-chave: Câncer cervical
Teste de papanicolaou
Controle de qualidade
Sensibilidade
Falso-negativos
Erro de escrutínio
Cervical cancer
Pap smear
Quality control
Screening error
Sensitivity
False-negative results
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - FF (RG)
Citação: TAVARES, Suelene Brito do Nascimento et al. Controle da qualidade em citopatologia cervical: revisão da literatura. Revista Brasileira de Cancerologia, Rio de Janeiro, v. 53, n. 3, p. 355-364, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18230
Data de publicação: 2007
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Suelene Brito do Nascimento Tavares - 2007.pdf556,18 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons