Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18249
Tipo do documento: Artigo
Título: Secreção vaginal anormal: Sensibilidade, especificidade e concordância entre o diagnóstico clínico e citológico
Título(s) alternativo(s): Abnormal vaginal secretion: sensitivity, specificity and concordance between clinical and cytological diagnosis
Autor: Camargo, Kelvia Cristina de
Alves, Rosane Ribeiro Figueiredo
Baylão, Luciano Augusto
Ribeiro, Andrea Alves
Araujo, Nadja Lindany Alves de Souza
Tavares, Suelene Brito do Nascimento
Santos, Silvia Helena Rabelo dos
Resumo: OBJETIVOS: Estimar a prevalência da vaginose bacteriana (VB), candidíase e tricomoníase e comparar os achados do exame físico da secreção vaginal com o diagnóstico microbiológico, obtido pelo estudo citológico do esfregaço vaginal, pelo do método de Papanicolaou. MÉTODOS: Estudo de corte transversal que incluiu 302 mulheres com idade entre 20 a 87 anos, submetidas à entrevista e exame ginecológico para avaliação da secreção vaginal e coleta de esfregaço citológico, no período de junho de 2012 a maio de 2013. Para avaliar a acurácia das características da secreção vaginal em relação ao diagnóstico microbiológico do esfregaço citológico foi empregado as análises de sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo (VPP) e valor preditivo negativo (VPN), com seus respectivos IC95%. Para avaliar o grau de concordância entre as características clínicas da secreção vaginal e os achados microbiológicos no exame citológico, foi aplicado o índice kappa (k). RESULTADOS: A prevalência da VB, candidíase e tricomoníase foi de 25,5, 9,3 e 2,0%, respectivamente. A sensibilidade, especificidade, valor o VPP e o VPN das características clínicas da secreção vaginal para o diagnóstico citológico de VB foram de 74, 78,6, 54,3, e 89,9%, respectivamente. A sensibilidade, a especificidade, o VPP e o VPN das características clínicas da secreção vaginal para o diagnóstico citológico de candidíase foram de 46,4, 86,2, 25,5 e de 94%, respectivamente. O grau de concordância entre a avaliação clínica da secreção vaginal e o diagnóstico microbiológico de VB, candidíase e tricomoníase, avaliados pelo índice kappa foi de 0,47, 0,23 e 0,28, respectivamente. CONCLUSÃO: A causa mais frequente de secreção vaginal anormal foi VB. A avaliação clínica da secreção vaginal apresentou sensibilidade, VPP e grau de concordância moderado a fraco, comparado ao diagnóstico microbiológico, o que indica a necessidade de avaliação complementar do achado clínico de secreção vaginal anormal.
Abstract: PURPOSE: To estimate the prevalence of bacterial vaginosis (BV), candidiasis and trichomoniasis and compare the findings of physical examination of the vaginal secretion with the microbiological diagnosis obtained by cytology study of a vaginal smear using the Papanicolaou method. METHODS: A cross-sectional study of 302 women aged 20 to 87 years, interviewed and submitted to a gynecology test for the evaluation of vaginal secretion and collection of a cytology smear, from June 2012 to May 2013. Sensitivity analyses were carried out and specificity, positive predictive value (PPV) and negative predictive value (NPV) with their respective 95%CI were determined to assess the accuracy of the characteristics of vaginal secretion in relation to the microbiological diagnosis of the cytology smear . The kappa index (k) was used to assess the degree of agreement between the clinical features of vaginal secretion and the microbiological findings obtained by cytology. RESULTS: The prevalence of BV, candidiasis and trichomoniasis was 25.5, 9.3 and 2.0%, respectively. The sensitivity, specificity, PPV and NPV of the clinical characteristics of vaginal secretion for the cytological diagnosis of BV were 74, 78.6, 54.3 and 89.9%, respectively. The sensitivity, specificity, PPV and the NPV of the clinical characteristics of vaginal secretion for the cytological diagnosis of candidiasis were 46.4, 86.2, 25.5 and 94%, respectively. The correlation between the clinical evaluation of vaginal secretion and the microbiological diagnosis of BV, candidiasis and trichomoniasis, assessed by the kappa index, was 0.47, 0.23 and 0.28, respectively. CONCLUSION: The most common cause of abnormal vaginal secretion was BV. The clinical evaluation of vaginal secretion presented amoderate to weak agreement with the microbiological diagnosis, indicating the need for complementary investigation of the clinical findings of abnormal vaginal secretion.
Palavras-chave: Biologia celular
Vaginose bacteriana/microbiologia
Esfregaço vaginal
Candidíase vaginite por trichomona
Cell biology
Vaginal smears
Vaginosis, bacterial/microbiology
Candidiasis
Trichomonas vaginitis
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: CAMARGO, Kélvia Cristina de et al. Secreção vaginal anormal: sensibilidade, especificidade e concordância entre o diagnóstico clínico e citológico. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, São Paulo, v. 37, n. 5, p. 222-228, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/SO100-720320150005183
Identificador do documento: 10.1590/SO100-720320150005183
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18249
Data de publicação: 2015
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Kélvia Cristina de Camargo - 2015.pdf611,08 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons