Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18294
Tipo do documento: Artigo
Título: Juízo, imaginação e mentalidade alargada: a interpretação arendtiana do juízo estético kantiano
Título(s) alternativo(s): Judgment, imagination and enlarged mentality: the arendtian interpretation of the kantian aesthetic judgment
Autor: Silva, Adriano Correia
Resumo: Pretendo apresentar, neste artigo, alguns dos conceitos kantianos na Crítica da faculdade do juízo apropriados na análise política arendtiana do juízo estético kantiano: juízo, imaginação, mentalidade alargada, senso comum. A despeito das di&culdades resultantes do caráter inacabado da abordagem arendtiana da vida do espírito, buscamos explicitar que ela encontra, na obra kantiana, os elementos básicos de sua análise da atividade mental do juízo. Ela sustenta não apenas que o juízo re'exionante estético pode ser apropriado politicamente, mas que na Crítica da faculdade do juízo encontra- -se a &loso&a política oculta da obra kantiana. A tal posição polêmica iremos apenas aludir, analisando os conceitos de pensamento crítico e mentalidade alargada.
Abstract: In this paper I intend to present some of the Kantian concepts presented in his Critique of judgment and appropriated by Hannah Arendt in her political analysis of the Kantian aesthetic judgment: judgment, imagination, enlarged mentality, common sense. Despite the di!culties arising from the un"nished character of Arendt’s approach on the life of spirit, we attempt to expose that she "nds, within Kant’s works, the basic elements of her analysis of the mental activity of judging. She not only argues that the re#ective aesthetic judgment might be politically adopted, but also that in the hidden political philosophy of Kantian work lies in the Critique of Judgment. To this controversial position I am only goin to refer to by analyzing the concepts of critical thinking and enlarged mentality.
Palavras-chave: Juízo
Imaginação
Senso comum
Mentalidade alargada
Judgment
Imagination
Enlarged mentality
Common sense
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Filosofia - FAFIL (RG)
Citação: CORREIA, Adriano. Juízo, imaginação e mentalidade alargada: a interpretação arendtiana do juízo estético kantiano. Revista de Filosofia: Aurora, Curitiba, v. 24, n. 34, p. 157-175, jan./jun. 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18294
Data de publicação: Jun-2012
Aparece nas coleções:FAFIL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Adriano Correira Silva - 2012.pdf197,3 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons