Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18306
Tipo do documento: Artigo
Título: Alterações venosas e linfáticas em mulheres com linfedema após linfadenectomia axilar no tratamento do câncer de mama
Título(s) alternativo(s): Venous and lymphatic alterations in women with lymphedema after axillary lymphadenectomy in breast cancer treatment
Autor: Valinote, Sarah Patrizia Araújo
Freitas Júnior, Ruffo de
Martins, Karine Anusca
Pereira, Antonio Cesar
Pereira, Charles Esteves
Martins, Edésio
Resumo: OBJETIVO: Avaliar as alterações do sistema venoso axilo-subclávio e do sistema linfático em mulheres com linfedema após linfadenectomia axilar para o tratamento do câncer de mama. MÉTODOS: Trata-se de um estudo de série de casos, envolvendo 11 mulheres com linfedema unilateral de membro superior após linfadenectomia axilar para o tratamento do câncer de mama. O estudo foi realizado em hospital universitário do Brasil Central no período compreendido entre os meses de março de 2010 e março de 2011. Avaliou-se a presença de alterações venosas nas veias subclávia e axilar, por meio do exame de ultrassonografia com dopplervelocimetria, e de alterações linfáticas, pela linfocintilografia, em ambos os membros superiores. O teste Exato de Fisher foi utilizado na comparação entre os membros. RESULTADOS: No membro superior com linfedema, detectou-se diferença significativa na veia subclávia, em relação ao membro contralateral, quanto ao volume do fluxo (p<0,001), sendo que 54,6% das mulheres apresentaram fluxo aumentado. Já, na veia axilar, 45,4% apresentaram fluxo aumentado e 45,4% reduzido, com diferença significante (p<0,01) na comparação entre os membros. Também foram observadas alterações linfáticas significativas (p<0,05), em relação ao membro contralateral, representadas pelo trajeto do vaso (não visibilizado), número de vasos linfáticos (nenhum), linfonodos axilares (ausentes) e refluxo dérmico (presente). No membro superior contralateral sem linfedema, não foram encontradas alterações venosas ou linfáticas. CONCLUSÃO: As mulheres submetidas à linfadenectomia axilar para o tratamento do câncer de mama apresentam tanto alterações venosas quanto linfáticas no membro superior com linfedema.
Abstract: PURPOSE: To evaluate changes in the venous axillary-subclavian and lymphatic systems of women with lymphedema after axillary lymphadenectomy for breast cancer treatment. METHODS: This was a case series involving 11 women with unilateral upper limb lymphedema after axillary lymphedenectomy for the treatment of breast cancer. The study was carried out in the Mastology Program of the Clinical Hospital of the Federal University of Goiás, Goiânia, GO, during the period between March 2010 and March 2011. Doppler velocimetry ultrasonography was used to detect the presence of venous changes in the subclavian and axillary veins. Lymphatic changes were evaluated by lymphoscintigraphy in both upper limbs. Fisher’s exact test was used for the comparison between limbs. RESULTS: Subclavian vein flow volume in the upper limb with lymphedema was significantly different from that in the contralateral limb (p<0.001), 54.6% of the women had increased flow. In the axillary vein, 45.4% had increased flow and 45.4% had decreased flow, with a statistically significant difference (p<0.01) between limbs. Compared to the contralateral limb, significant lymphatic changes (p<0.05) were also found in the vessel route (not visualized), number of lymphatic vessels (none), axillary lymph nodes (absent) and dermal reflux (present). In the contralateral upper limb without lymphedema, no venous or lymphatic alterations were encountered. CONCLUSION: The women subjected to axillary lymphadenectomy for the treatment of breast cancer presented both venous and lymphatic changes in the upper limb with lymphedema.
Palavras-chave: Linfedema
Neoplasias da mama
Ultrassonografia doppler
Cintilografia
Lymphedema
Ultrasonography, doppler
Breast neoplasms
Radionuclide imaging
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: VALINOTE, Sarah Patrizia Araújo et al. Alterações venosas e linfáticas em mulheres com linfedema após linfadenectomia axilar no tratamento do câncer de mama. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, São Paulo, v. 35, n. 4, p. 171-177, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0100-72032013000400007
Identificador do documento: 10.1590/S0100-72032013000400007
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18306
Data de publicação: 2013
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Sarah Patrizia Araújo Valinote - 2013.pdf176,71 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons