Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18329
Tipo do documento: Artigo
Título: Análise comparativa da técnica da incisão em duplo círculo com as técnicas com incisão periareolar e transareolomamilar de correção cirúrgica da ginecomastia
Título(s) alternativo(s): Comparative analysis of the double-circle incision and techniques with periareolar and transareolopapilar incision for the surgical correction of gynecomastia
Autor: Cardoso, Andre Alves
Paulinelli, Regis Resende
Freitas Júnior, Ruffo de
Rahal, Rosemar Macedo Sousa
Jacinto, Tatiana Ferrari
Resumo: Objetivo: comparar a técnica da incisão em duplo círculo (DC) com as técnicas de incisão periareolar (PA) e transareolomamilar (TAM), na correção da ginecomastia. Métodos: foram revisados os prontuários de 34 pacientes com ginecomastia submetidos à correção cirúrgica no Hospital das Clínicas de Goiânia de 1999 a 2004. Os pacientes foram divididos em três grupos, de acordo com a técnica cirúrgica utilizada. Comparamos as variáveis numéricas paramétricas usando o teste de Tukey. Para as variáveis nominais, foi utilizado o teste do χ 2 , ou o teste exato de Fisher, quando necessário. Considerou-se significante o p<0,05. Resultados: a média de idade dos pacientes foi de 27,9 (+12,5) anos. Foram operadas 43 mamas: 34 unilaterais (79,1%) e nove (20,9%) bilaterais; 19 (44,2%) pelo DC; 14 (32,6%) com incisão PA; 10 (23,3%) com incisão TAM. A média do tempo de utilização de dreno foi de cinco dias para o DC e um dia para as demais (p<0,01). Foram utilizados drenos de sucção 19 vezes (100%) para o DC e duas vezes (22%) na transareolomamilar. Nas outras, utilizaram-se drenos de Penrose (p<0,01). O tempo cirúrgico foi significativamente maior para o DC (73 minutos) que para a PA (45 minutos) e a TAM (48 minutos). O DC foi utilizado principalmente em ginecomastias mais volumosas (p=0,04). Quanto às complicações foram observados: três casos de hematomas com a TAM (33,3%) e um hematoma (5,3%) com o DC (p<0,01); houve um caso de infecção com a TAM (11,1%); duas necroses parciais do mamilo com a DC (10,5%); quatro (21,1%) cicatrizes alargadas e três (15,8%) cicatrizes hipertróficas com o DC (p=0,04); uma inversão do mamilo com o TAM (2,4%). Conclusões: a técnica do DC é uma boa opção para correção de ginecomastias volumosas, embora exija maior tempo cirúrgico e apresente mais cicatrizes alargadas.
Abstract: Purpose: to compare the double-circle (DC) technique to other techniques, with periareolar (PA) and transverse nipple- areolar (TNA) incisions, for the surgical correction of gynecomastia. Methods: we studied the medical files of 34 patients from the Federal University of Goiás, submitted to the surgical correction of gynecomastia, from 1999 to 2004. Patients were divided according to the surgical technique used. The parametric numeric variables were compared by Tukey test. The χ 2 or the Fisher’s exact test was used for nominal variables. It was considered significant a p value<0.05. Results: the mean age of the patients was 27.9 (+12.5) years. There were 43 gynecomastias, 34 unilateral (79.1%) and nine (20.9%) bilateral. There were 19 breasts operated (44.2%) using DC, 14 (33.6%) using PA incision, and 10 (23.3%), TNA incision. The mean drain usage was five days for DC and one day for the others (p<0.01). The suction drain was used in 19 cases (100%) of DC and two (22%) in TNA. The other patients used drains of Penrose (p<0.01). The mean surgical time was significantly larger for DC (73 minutes) than for PA (45 minutes) and for TNA (48 minutes). DC was used mainly in voluminous gynecomastias (p=0.04). The complications consisted in three (33%) hematomas in TNA (p<0.01) and one (5%) in DC; one (11%) infection in TNA; two (10%) partial necrosis of the nipple in DC; four (21%) enlarged scars in DC (p=0.04); three (16%) hypertrofic scars (p=0.08) in DC; one (2%) inversion of nipple with TNA. Conclusions: The DC was used often in voluminous gynecomastias. It was a good and secure operation, although it required a more extensive surgical time and had a larger possibility of distended scars.
Palavras-chave: Mama/cirurgia
Ginecomastia/cirurgia
Ginecomastia/complicações
Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos/métodos
Homem
Breast/ surgery
Gynecomastia/surgery
Gynecomastia/complications Reconstructive surgical procedures/methods
Reconstructive surgical procedures/methods
Man
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: CARDOSO, André Alves et al. Análise comparativa da técnica da incisão em duplo círculo com as técnicas com incisão periareolar e transareolomamilar de correção cirúrgica da ginecomastia. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, Rio de Janeiro, v. 29, n. 9, p. 465-469, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0100-72032007000900005 
Identificador do documento: 10.1590/S0100-72032007000900005 
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18329
Data de publicação: 2007
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - André Alves Cardoso - 2007.pdf5,35 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons