Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18338
Tipo do documento: Artigo
Título: Linfedema em pacientes submetidas à mastectomia radical modificada
Título(s) alternativo(s): Lymphedema in breast cancer patients submitted to modified radical mastectomy
Autor: Freitas Júnior, Ruffo de
Ribeiro, Luiz Fernando Jubé
Taia, Lúcia
Kajita, Dáissuke
Fernandes, Marcus Vinicius Ribeiro
Queiroz, Geraldo Silva
Resumo: Objetivo: avaliar a taxa de linfedema em pacientes tratadas cirurgicamente para câncer de mama e sua relação com o tipo de cirurgia, idade e peso das pacientes. Métodos: foram estudadas 109 pacientes portadoras de câncer de mama, submetidas à mastectomia radical modificada com conservação do músculo peitoral maior ou de ambos os peitorais. Considerou-se como linfedema quando houve diferença maior que 2,0 cm entre as circunferências dos membros superiores, mensurados acima e abaixo do olécrano. Resultados: observou-se uma taxa total de 14% de linfedema (15 casos). Entre as pacientes em que foram conservados ambos os músculos peitorais, a taxa foi de (9%), ao passo que quando se empregou a conservação apenas do grande peitoral, a taxa foi de 15% (p<0,4). Notou-se uma relação significativa entre a freqüência de linfedema e o peso e a idade das pacientes. O linfedema foi observado em apenas uma das 34 pacientes com menos de 46 anos e nenhuma das 19 pacientes com até 50 kg de peso apresentou linfedema. Conclusão: Na presente série, o linfedema de membro superior esteve associado a pacientes mais idosas e de maior peso.
Abstract: Purpose: to evaluate the rate of lymphedema and its relation to the type of surgery, age and weight of the patient. Methods: one hundred and nine patients with breast cancer, submitted to modified radical mastectomy sparing the pectoralis major or both pectorales, were studied. Differences of more than 2.0 cm between the diameters of the upper members, measured above and below the elbow, were considered as due to lymphedema. Results: a total rate of 14% of this complication was observed (15 cases). In mastectomies sparing both pectoralis muscles, a smaller rate was observed (9%), when compared to 15% using Patey’s technique. However, the difference was not significant. There was a significant relationship between the incidence of lymphedema and the patient’s weight and age. The lymphedema was observed in only one of the 34 patients younger than 46 years old, and none of the 19 patients with up to 50 kg presented lymphedema. Conclusion: in the present series lymphedema of the upper limb was associated with the older and heavier patients.
Palavras-chave: Câncer de mama: tratamento
Cirurgia: complicações
Linfedema
Breast cancer, treatment
Breast cancer, complications of surgery
Breast cancer, lymphedema
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: FREITAS JÚNIOR, Ruffo de et al. Linfedema em pacientes submetidas à mastectomia radical modificada. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, São Paulo, v. 23, n. 4, p. 205-208, 2001.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0100-72032001000400002
Identificador do documento: 10.1590/S0100-72032001000400002
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18338
Data de publicação: 2001
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Ruffo de Freitas Júnior - 2001.pdf193,81 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons