Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18381
Tipo do documento: Artigo
Título: Perfil epidemiológico, clínico e terapêutico da insuficiência cardíaca em hospital terciário
Título(s) alternativo(s): Epidemiological, clinical e therapeutic profile of heart failure in a tertiary hospital
Autor: Nogueira, Patrícia Resende
Rassi, Salvador
Corrêa, Krislainy de Sousa
Resumo: Fundamento: A insuficiência cardíaca é uma síndrome complexa com múltiplos fatores de risco envolvidos em sua gênese, tornando difícil a prevenção e o manejo. Objetivo: Identificar as principais etiologias e os fatores de risco na insuficiência cardíaca; comparar características clínicas e demográficas dos pacientes conforme a etiologia; analisar se o tratamento utilizado está de acordo com o preconizado pelas diretrizes brasileiras. Métodos: Estudo retrospectivo, descritivo e observacional realizado no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás. Os pacientes foram reunidos em quatro grupos, conforme etiologia, para comparação: cardiomiopatia chagásica, cardiomiopatia hipertensiva, cardiomiopatia dilatada e outras e cardiomiopatia isquêmica. Os testes de Qui-quadrado e Exato de Fisher, a ANOVA e o teste de Kruskal-Wallis foram utilizados na análise dos grupos e das formas de tratamento. Resultados: Foram analisados 144 prontuários de pacientes, com média de idade 61 ± 15 anos, sendo 54,2% do sexo masculino. A cardiomiopatia chagásica destacou-se como principal etiologia (41%). Hipertensão arterial (48,6%), anemia (22,9%), doença coronariana (19,4%), dislipidemia (17,3%) e diabete (16,6%) foram os principais fatores de risco. Os hipertensos apresentaram prevalência maior do sexo feminino (p=0,044) e maior frequência de estertores pulmonares (p<0,01). A frequência cardíaca foi menor nos chagásicos (p<0,001). Os medicamentos prescritos foram diuréticos (81,2%), inibidores da enzima conversora da angiotensina ou bloqueadores dos receptores da angiotensina (77,7%), betabloqueadores (45,8%), espironolactona (35,4%), digitálicos (30,5%) e vasodilatadores (8,3%). Conclusão: A cardiomiopatia chagásica foi a principal causa de insuficiência cardíaca. Não se observou diferenças clínicas entre pacientes dos quatro grupos etiológicos.
Abstract: Background: Heart failure is a complex syndrome with multiple risk factors involved in its genesis, making its prevention and management difficult to achieve. Objective: To identify the main etiologies and risk factors in heart failure; to compare clinical and demographic characteristics of patients according to the etiology; analyze whether the treatment is according to that recommended by the Brazilian guidelines. Methods: Retrospective, descriptive and observational study, carried out at Hospital das Clínicas of Universidade Federal de Goiás. The patients were divided in four groups, according to the etiology, for comparison: chagasic cardiomyopathy, hypertensive cardiomyopathy, dilated cardiomyopathy and others, ischemic cardiomyopathy. The Chi-square and Fisher’s Exact tests, ANOVA and Kruskal-Wallis tests were used in the analysis of the groups and types of treatment. Results: A total of 144 patients’ files were analyzed; the patients’ mean age was 61 ± 15 years and 54.2% of them were males. Chagasic cardiomyopathy was the main etiology (41%). Arterial hypertension (48.6%), anemia (22.9%), coronary disease (19.4%), dyslipidemia (17.3%) and diabetes (16.6%) were the main risk factors. There was a higher prevalence of female individuals among the hypertensive patients (p=0.044) as well as a higher frequency of pulmonary rales (p < 0.01). Heart rate was lower among chagasic patients (p < 0.001). The most often prescribed medications were diuretics (81.2%), angiotensin-converting enzyme inhibitors or angiotensin-receptor blockers (77.7%), beta- blockers (45.8%), spironolactone (35.4%), digitalis (30.5%) and vasodilators (8.3%). Conclusion: Chagasic cardiomyopathy was the main cause of heart failure. No significant clinical differences were observed among patients from the four etiologic groups
Palavras-chave: Insuficiência cardíaca/epidemiologia/terapia
Hospitalização
Perfil epidemiológico
Heart failure/epidemiology/therapy
Health profile
Hospitalization
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: NOGUEIRA, Patrícia Resende; RASSI, Salvador; CORRÊA, Krislainy de Sousa. Perfil epidemiológico, clínico e terapêutico da insuficiência cardíaca em hospital terciário. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, São Paulo, v. 95, n. 3, p. 392-398, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0066-782X2010005000102
Identificador do documento: 10.1590/S0066-782X2010005000102
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18381
Data de publicação: 2010
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Patrícia Resende Nogueira - 2010.pdf1,08 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons