Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18382
Tipo do documento: Artigo
Título: Efeitos da estimulação ventricular convencional em pacientes com função ventricular normal
Título(s) alternativo(s): Conventional ventricular stimulation effects on patients with normal ventricular function
Autor: Sá, Luiz Antonio Batista de
Rassi, Salvador
Batista, Marcia Andery Ludovico
Resumo: Fundamento: A estimulação de ventrículo direito pode ser deletéria em pacientes com disfunção ventricular, entretanto há poucas evidências sobre o impacto dessa estimulação em pacientes com função normal. Objetivo: Avaliar a evolução clínica e laboratorial de pacientes com função ventricular normal submetidos a implante de marcapasso cardíaco artificial. Métodos: Foram estudados de forma prospectiva 16 pacientes com os seguintes critérios de inclusão: função ventricular normal definida pelo ecocardiograma e presença de estimulação ventricular superior 90% (avaliação por telemetria do gerador). Parâmetros analisados: classe funcional (CF), teste de caminhada, dosagem de BNP, ecocardiograma (convencional e parâmetros de dessincronia intraventricular e teste de qualidade de vida (SF36). Essas medidas fora feitas com 10 dias(d) (t1), 120d(t2) e 240 d(t3). Os dados foram comparados ao longo do tempo segundo método ANOVA. Comparações múltiplas de médias foram efetuadas utilizando-se o método de Tukey. Resultados: Dos dados avaliados os seguintes não apresentaram variação estatística significante (p>0,05): classe funcional, dosagem de BNP, parâmetros ecocardiográficos convencionais, dessincronia intraventricular (Doppler tecidual). Apresentaram piora (p<0,05) o teste de caminhada (entre t2 e t3) e o tempo entre a contração septal e a parede posterior do ventrículo esquerdo, porém sem preencher critérios de dessincronia. Avaliação de qualidade de vida (SF36) mostrou melhora na capacidade funcional, nos aspectos sociais e estado geral de saúde. Conclusão: Após oito meses, em pacientes com função normal não foram evidenciadas alterações clínicas (CF e SF 36) e laboratoriais (ecocardiografia convencional, parâmetros de dessincronia e dosagem de BNP); entretanto, houve piora no teste de caminhada.
Abstract: Background: The stimulation of the right ventricle (RV) may be deleterious in patients with ventricular dysfunction; however there is little evidence about the impact of this stimulation in patients with normal ventricular function. Objective: To assess the clinical and laboratory evolution of patients with normal ventricular function submitted to implant of artificial cardiac pacemaker (PM). Methods: 16 patients enrolled according to the following inclusion criteria: normal ventricular function defined by echocardiogram and presence of upper ventricular stimulation > 90% (generator telemetry assessment) submitted to a PM implant were prospectively studied. The following parameters were assessed: Functional Class (FC), walk test, BNP levels, echocardiography evaluation (conventional and intraventricular dyssynchrony) and quality of life test (SF36). The patients were assessed after 10 (t1), 120 (t2) and 240 days (t3). Data was compared throughout time according to ANOVA. Multiple comparisons of means were performed through Tukey’s test. Results: Among the assessed data, the following did not present significant statistic variation (p> 0.05): functional class, BNP levels, conventional echocardiographic parameters, intraventricular dyssynchrony (tissue Doppler). The walk test (between t2 and t3) and the time between septal contraction and LV posterior wall showed worsening (p<0.05), although they did not meet the dyssynchrony criteria. The quality of life assessment (SF36) showed improvement in the functional capacity, social aspects, and general status sub-items. Conclusion: After 8 months, patients with normal ventricular function did not show clinical (FC and SF36) or laboratory alterations (conventional echocardiography, dyssynchrony parameters and BNP levels); however, there was a worsening in the walk test.
Palavras-chave: Disfunção ventricular
Marca-passo artificial
Estimulação cardíaca artificial
Ecocardiografia
Ventricular dysfunction
Echocardiography
Pacemaker, artificial
Cardiac pacing, artificial
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: SÁ, Luiz Antônio Batista de; RASSI, Salvador; BATISTA, Márcia Andery Ludovico. Efeitos da estimulação ventricular convencional em pacientes com função ventricular normal. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, São Paulo, v. 93, n. 2, p. 167-173, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0066-782X2009000800016
Identificador do documento: 10.1590/S0066-782X2009000800016
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18382
Data de publicação: 2009
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Luiz Antonio Batista de Sa - 2009.pdf3,96 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons