Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18383
Tipo do documento: Artigo
Título: Estudo dos principais fatores de risco maternos nas síndromes hipertensivas da gestação
Título(s) alternativo(s): Study on the major maternal risk factors in hypertensive syndromes
Autor: Assis, Thais Rocha
Viana, Fabiana Pavan
Rassi, Salvador
Resumo: Os fatores de risco para as síndromes hipertensivas gestacionais (SHG) são vários e podem relacionar-se à região e etnia da população. No Estado de Goiás, são escassos os estudos sobre esse tema. Objetivo: Investigar os fatores de risco maternos para SHG. Métodos: Utilizou-se um estudo caso-controle por meio da análise dos prontuários das parturientes da Maternidade do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (HC-UFG), em 2005. Os fatores de risco foram analisados pela análise de regressão logística e pelo teste exato de Fisher. Resultados: Em 2005, houve 890 partos na Maternidade do HC-UFG, e 129 gestantes apresentaram diagnóstico de SHG (14,5%). A análise multivariada identificou a obesidade como fator de risco tanto para hipertensão gestacional (HG) (OR: 17,636; IC 95%: de 2,859 a 108,774) como para hipertensão arterial crônica superajuntada à pré-eclâmpsia (HCSPE) (OR: 27,307; IC 95%: de 4,453 a 167,440). Primiparidade constituiu fator de risco para HG (OR: 5,435; IC 95%: de 1,923 a 15,385). Idade acima de 30 anos foi fator de risco para HCSPE (OR: 5,218; IC 95%: de 1,873 a 14,536) e fator de proteção para pré-eclâmpsia (PE) (OR: 0,035; IC 95%: de 0,003 a 0,364). Raça não-branca representou risco independente para PE (OR: 13,158; IC 95%: de 1,672 a 100,000) e PE prévia para HCSPE (OR: 4,757; IC 95%: de 1,261 a 17,938). Das gestantes com hipertensão arterial crônica (HAC), 73,5% desenvolveram HCSPE (p < 0,001). Conclusão: Os fatores obesidade, raça não-branca, PE prévia, idade acima de 30 anos e HAC identificados foram semelhantes à maioria dos achados da literatura.
Abstract: Background: There are several risk factors for hypertensive syndromes in pregnancy (HSP), and these can be related to regional and ethnic factors. Studies on this issue are scarce in the State of Goiás. Objective: To investigate maternal risk factors for HSP. Methods: Case-control study based on the analysis of medical records of parturients from the Maternity Service of Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (HC-UFG) in 2005. Risk factors were analyzed using Logistic Regression Analysis and Fisher’s Exact Test. Results: In 2005, there were 890 deliveries in the Maternity Service of HC-UFG, and 129 pregnant women were diagnosed with HSP (14.5%). The multivariate analysis identified obesity as a risk factor both for gestational hypertension – GH (OR: 17.636; 95% CI: 2.859 to 108.774) and for preeclampsia superimposed on chronic hypertension - PESCH (OR: 27.307; 95% CI: 4.453 to 167.440). Primiparity was a risk factor for GH (OR: 5.435; 95% CI: 1.923 to 15.385). Age above 30 years was a risk factor for PESCH (OR: 5.218; 95% CI: 1.873 to 14.536) and a protective factor against preeclampsia - PE (OR: 0.035; 95% CI: 0.003 to 0.364). Non-white race was an independent risk for PE (OR: 13.158; 95% CI: 1.672 to 100.000) and previous PE for PESCH (OR: 4.757; 95% CI: 1.261 to 17.938). Of the pregnant women with chronic hypertension (CH), 73.5% developed PESCH (p < 0.001). Conclusion: The factors identified – obesity, non-white race, previous PE, age above 30 years and CH, were similar to those found in the majority of studies in the literature.
Palavras-chave: Fatores de risco
Complicações na gravidez
Hipertensão
Gestação de alto risco
Risk factors
Pregnancy complications
Hypertension
Pregnancy
High-risk
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: ASSIS, Thaís Rocha Assis; VIANA, Fabiana Pavan; RASSI, Salvador. Estudo dos principais fatores de risco maternos nas síndromes hipertensivas da gestação. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, São Paulo, v. 91, n.1, p. 11-17, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0066-782X2008001300002
Identificador do documento: 10.1590/S0066-782X2008001300002
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18383
Data de publicação: 2008
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Thais Rocha Assis - 2008.pdf224,72 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons