Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/184
Tipo do documento: Artigo publicado em periódico científico
Título: Estudo das alterações morfo-histológicas em larvas de Aedes aegypti (Diptera, Culicidae) submetidas ao extrato bruto etanólico de Sapindus saponaria Lin (Sapindaceae)
Título(s) alternativo(s): Study of the morphohistological modifications in larvae of Aedes aegypti (Diptera, Culicidae) submitted to the pure ethanolic extract of Sapindus saponaria lin. (Sapindaceae)
Autor: Barreto, Cleyde Ferreira
Carvasin, Gláucia Maria
Silva, Heloísa Helena Garcia da
Silva, Ionizete Garcia da
Abstract: Dengue é hoje a arbovirose mais importante no mundo e seu controle está restrito, basicamente, ao combate ao principal vetor, o Aedes aegypti. As ações têm como foco a aplicação de inseticidas químicos sintéticos que possuem ação rápida e eficaz no combate, porém são altamente tóxicos para os mamíferos e o meio ambiente. Seu uso tem induzido ao desenvolvimento de resistência do mosquito. Produtos naturais provenientes de plantas poderão representar alternativas às medidas de controle em razão de sua baixa toxicidade para os mamíferos e da ausência de impacto ambiental. Neste estudo, são apresentadas as alterações morfo-histológicas e a atividade larvicida do extrato bruto etanólico (e.b.e.) da casca do fruto de Sapindus saponaria sobre o A. aegypti, visando ao controle desse mosquito. Larvas de terceiro estádio foram submetidas a diferentes concentrações do e.b.e., obtido da casca do fruto de S. saponaria, previamente solubilizado em água, onde permaneceram por até 48 horas. As larvas que atingiram estado letárgico foram coletadas e fixadas em paraformaldeído, incluídas em resina, seccionadas e as lâminas coradas pela técnica de hematoxilina-eosina e analisadas por microscospia de luz. A CL99 do e.b.e. da casca do fruto de S. saponaria sobre larvas de A. aegypti foi de 134,1 ppm. Os efeitos tóxicos desse e.b.e. foram observados em concentrações subletais e as três regiões do mesêntero apresentaram várias alterações histopatológicas: destruição total ou parcial das células, alta vacuolização do citoplasma, hipersecreção das células epiteliais e pavimentação do epitélio. Essas alterações celulares evidenciam o mecanismo de ação do e.b.e. de S. saponaria sobre larvas de A. aegypti. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ Dengue is reported as the most important virus disease in the world. This disease is controlled by combating the vector Aedes aegypti using chemical insecticides. Although chemical insecticides have efficient action against the mosquito A. aegypti, they are toxic to humans and the environment and therefore they are not recommended for controlling the mosquito spread. Products of botanic origin may be an alternative to the insecticides to combat the mosquito because they have low toxicity levels for human life and cause less environmental impact. The present study describes the morphological changes and larvicidal activity of the ethanol extract, obtained from the peel of the fruit of Sapindus saponaria, against 3rd larval instars of the A. aegypti. The larvae were incubated in water solutions of the extract at different concentrations up to 48 hours. The larvae in lethargic stages were colleted and fixed in paraformaldehyde and included in resin. The laminas were then stained using hematoxiline eosine method and analyzed through light microscope. The toxic effects of the ethanol extract of S. saponaria against larvae of A. aegypti were observed in all three mesentery regions with several histopathological changes, such as complete or partial cells destruction, high cytoplasm vacuolization, hyper secretion of epithelial cells, and epithelia pavimentation. The cellular changes demonstrate the action mechanism of the ethanol extract of S. saponaria against A. aegypti.
Citação: BARRETO, Cleyde Ferreira; CARVASIN, Gláucia Maria; SILVA, Heloísa Helena Garcia da; SILVA, Ionizete Garcia da. Estudo das alterações morfo-histológicas em larvas de Aedes aegypti (Diptera, Culicidae) submetidas ao extrato bruto etanólico de Sapindus saponaria Lin (Sapindaceae). Revista de Patologia Tropical, Goiânia, GO, v. 35, n. 1, 2006. Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/iptsp/article/view/1891/1806>.
Tipo de acesso: Open Access
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/184
Data de publicação: 6-Fev-2006
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ESTUDO DAS ALTERACOES.pdf438,59 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons