Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18417
Tipo do documento: Artigo
Título: Teleologia e moralidade em Kant e Fichte
Autor: Klotz, Hans Christian
Resumo: O artigo visa reconstruir a transformação da teoria kantiana do juízo teleológico na Doutrina dos costumes de Fichte. Pretende-se mostrar que Fichte leu a doutrina kantiana acerca do juízo teleológico e da teleologia moral da natureza como contribuição para uma ética que aborda não só o princípio da razão prática pura e a questão da sua validade, mas também as condições da aplicabilidade do princípio. Assim, Fichte incorpora a teoria do juízo reflexionante à filosofia prática. Na primeira parte do trabalho são lembrados os elementos principais da concepção kantiana do juízo teleológico na terceira Crítica. A segunda parte expõe a “dedução da realidade e aplicabilidade da lei moral” na segunda parte da Doutrina dos costumes de Fichte, com o fim de mostrar que Fichte retoma conceitos centrais da teoria kantiana do juízo teleológico para explicitar pressupostos necessários do agir moral. Na parte final mostrarse- á que a teoria fichtiana acerca das condições da aplicabilidade da lei moral não envolve só um deslocamento na concepção do lugar sistemático da teleologia, mas transforma também a concepção kantiana da natureza e da relação entre liberdade e natureza.
Abstract: The present article aims at reconstructing the transformation of Kant’s theory of teleological judgment in Fichte’s Doctrine of ethics. As will be shown, Fichte read the Kantian doctrine about teleological judgment and moral teleology as a contribution to an ethical theory which does not only investigate the principle of pure practical reason and the question of its validity, but also the conditions of the applicability of the principle. Thus, Fichte incorporates the theory of reflective judgment into practical philosophy. In the first part of the article, the principal elements of Kant’s conception of teleological judgment in the third Critique will be remembered. The second part expounds the “deduction of the reality and applicability of the principle of morality” in the second part of Fichte’s Doctrine of ethics, showing that Fichte there adopts central concepts of the Kantian theory of reflective judgment, in order to make explicit necessary presuppositions of moral acting. The final part argues that the Fichtean theory of the conditions of the applicability of the moral law does not only include a new systematic localization of teleology, but also transforms the Kantian conception of nature and of the relation between nature and freedom.
Palavras-chave: Teoria kantiana do juízo teleológico
Doutrina dos costumes de Fichte
Incorporação da teleologia na filosofia prática
Aplicabilidade da lei moral
Relação entre liberdade e natureza
Kantian doctrine about teleological judgment
Ficht´s Doctrineof ethics
Incorporation of the theory of reflective judgment into practical philosophy
Applicability of the moral law
Relation between nature and freedom
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Filosofia - FAFIL (RG)
Citação: KLOTZ, Hans Christian. Moralidade e teleologia em Kant e Fichte. Studia Kantiana, Lagoa Nova, n. 9, p. 187-200, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18417
Data de publicação: 2009
Aparece nas coleções:FAFIL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Hans Christian Klotz - 2009.pdf113,32 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons