Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18445
Tipo do documento: Artigo
Título: A ultrassonografia transvaginal no diagnóstico da endometriose profunda
Autor: Teixeira, Altino Augusto de Amaral
Falone, Valdivina Eterna
Moraes, Carolina Leão de
Amaral Filho, Waldemar Naves do
Amaral, Waldemar Naves do
Resumo: OBJETIVO: avaliar a importância da ultrassonografia transvaginal como método de rastreamento diagnóstico e monitoramento de excelência na endometriose profunda. METODOLOGIA: realizando-se pesquisa bibliográfica de artigos relacionados ao tema em questão publicados nos últimos 5 anos na Bireme e Pubmed, conhecimentos sobre o tema endometriose profunda e ultrassonografia transvaginal com as seguintes palavras chaves: endometriose, ultrassonografia transvaginal, endometriose profunda e endometriose pélvica. RESULTADOS: o exame ultrassonográfico realizado em boas condições (preparo prévio e profissional capacitado) nos últimos anos trouxe um avanço significativo evidenciando-se a forma transvaginal (com ou sem preparo) transretal e abdominal como diagnóstico da endometriose profunda priorizando-se sempre como padrão ouro a ultrassonografia transvaginal. A ultrassono-grafia leva vantagem sobre os demais métodos por ser um método não invasivo e de excelente custo beneficio. Aumentando sua sensibilidade no diagnóstico da endometriose profunda. Possibilita a avaliação de múltiplos sítios (estudo dinâmico), tem excelente resolução (focos pequenos), ótimo método de rastreamento, diagnóstico e monitoramento de lesões intestinais e é ferramenta muito útil em mãos experientes. CONSIDERAÇÕES FINAIS: convencidos de que a excelente sensibilidade da ultrassonografia transvaginal como exame de rastreamento, diagnóstico e monitoramento, sobretudo no aconselhamento clínico, e acompanhamento para tratamento clínico medicamentoso; é também útil para o planejamento de tratamento cirúrgico (mapeamento pré-operatório), acompanhamento pós-operatório e ainda na localização e avaliação do grau de infiltração tecidual.
Abstract: OBJECTIVE: To establish the prevalence of gynecological pathologies diagnosed by transvaginal ultrasound in women over 40 years old, identify the most common pathological findings and determine the frequency of gynecological pathologies found among age groups of women. METHODS: A retrospective study that evaluatéd 4548 records of patients older than 40 years who underwent transvaginal ultrasound from January 2012 to December 2013. RESULTS: The most frequent pathology was uterine fibroids (35.09%), followed by ovarian cysts (7.65%) and endometrial hyperplasia (7.39%). The age group most affected was between 40 and 50 years in all pathologies found. The adenomyosis was present in 75.00% of patients, ovarian cysts and hydrosalpinx in 72.40 and 71.40%, respectively. Fibroids, ovarian cysts and endometrial hyperplasia were present in 60.90%, 72.40% and 50.00% of patients, respectively. DISCUSION: The prevalence of gynecological pathologies diagnosed by transvaginal ultrasound in women over 40 years was 57, 08%. The most common pathological findings were uterine myoma (35.09%), ovarian cyst (7.65%) and endometrial hyperplasia (7.39%). The age group most affected by major diseases was between 40 and 50 years, and the prevalence of fibroids in this group was 60, 90%, as for the presence of ovarian cysts prevalence was 72.4% and for endometrial hyperplasia was 50.0%.
Palavras-chave: Endometriosis
Pelvicendometriosis
Transvaginal ultrasonography
Deependometriosis
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: TEIXEIRA, Altino Augusto De Amaral et al. A ultrassonografia transvaginal no diagnóstico da endometriose profunda. RBUS: revista brasileira de ultra-sonografia, São Paulo, v. 18, p. 34-39, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18445
Data de publicação: Mar-2015
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Altino Augusto de Amaral Teixeira - 2015.pdf268,93 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons