Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18457
Tipo do documento: TCC
Título: Panorama da biblioterapia no Brasil: limitações e dificuldades
Título(s) alternativo(s): Overview of bibliotherapy in Brazil: limitations and difficulties
Autor: Muniz, Hellen Qualto
Primeiro orientador: Santos, Andrea Pereira dos
Primeiro membro da banca: Santos, Andrea Pereira dos
Garbelini, Maria de Fátima
Resumo: Apresenta um panorama geral da biblioterapia no Brasil e busca mostrar as dificuldades e limitações que esta prática enfrenta no país, sob os vieses teórico, prático e geográfico. Porém, antes de adentrar em tal objetivo, precisou-se conceituar a biblioterapia, entender os componentes biblioterapêuticos desta prática, bem como abordar a relação entre biblioterapia e biblioteconomia para que o leitor possa entender melhor sobre o tema discutido. A fim de expor o panorama da biblioterapia no Brasil realizou-se um levantamento bibliográfico nos quais foram expostos vinte estudos acadêmicos de biblioterapia em todas as regiões do país. Já para ressaltar as dificuldades e limitações desta prática enviaram-se questionários on-line para pesquisadores atuantes na área e complementou-se com o que já existia na literatura especializada, com essas duas fontes foi possível obter as dificuldades e limitações sob os vieses teórico, prático e geográfico. Afirma-se que, para a pesquisa de campo, foram selecionados vinte pesquisadores para o envio dos questionários on-line, porém apenas onze responderam no período solicitado. Ao unir os resultados da pesquisa de campo e do levantamento bibliográfico, verificou-se que entre as principais dificuldades e limitações da biblioterapia encontram-se a falta de reconhecimento científico e a pouca divulgação desta prática, inclusive, dentro das Universidades. Além disso, pode-se citar também a escassez de treinamentos adequados aos profissionais, o que resulta em falta de uniformidade e consenso entre eles. Encontrou-se também limitação no que diz respeito à distribuição desigual de cursos e estudos acadêmicos de biblioterapia no país, estes concentram-se nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste e são raras no Centro-Oeste e Norte. Conclui-se, assim, que a biblioterapia lida com diversas dificuldades e limitações e que para superá-las será preciso obter reconhecimento científico e acadêmico e maior divulgação, assim, consequentemente, a demanda de cursos e treinamentos para biblioterapeutas poderá aumentar e expandir para todas as regiões do país, tornando a prática mais difundida entre os usuários.
Abstract: Presents na overview of bibliotherapy in Brazil and seeks to show the difficulties and limitations tha this practice faces in the country, under the theoretical, practical and geographical biases. However, before entering this objective, it was necessary to conceptualize bibliotherapy, understand the bibliotherapeutic components of this practice, as well as address the relationship between bibliotherapy and library Science so that the reader can better understand the topic discussed. In order to expose the panorama of bibliotherapy in Brazil, a bibliographic survey was conducted in which twenty academic studies of bibliotherapy were exposed in all regions of the country. To highlight the difficulties and limitations of this practice, online questionnaires were sent to researchers working in the field and complemented by what already existed in the specialized literature, with these two sources it was possible to obtain the difficulties and limitations under the theoretical biases, practical and geographical. It is stated that for the field research, twenty researchers were selected to submit the questionnaires online, but only eleven answered in the requested period. By uniting the results of the field research and the bibliographic survey, it was found that among the main difficulties and limitations of bibliotherapy are the lack of scientific recognition and the little dissemination of this practice, even within universities. In addition, one can also cite the lack of adequate training for professionals, which results in a lack of uniformity and consensus between them. There was also a limitation regarding the unequal distribution of bibliotherapy courses and academic studies in the country, which are concentrated in the South, Southeast and Northeast regions and are rare in the Midwest and North. It is concluded, therefore, that bibliotherapy deals with several difficulties and limitations and that overcoming them will require scientific and academic recognition and greater dissemination, thus, the demand for courses and training for bibliotherapists may increase and expand for all regions of the country, making the practice more widespread among users.
Palavras-chave: Biblioterapia
Leitura
Brasil
Bibliotherapy
Reading
Brazil
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Nome do curso: Biblioteconomia (RG)
Citação: MUNIZ, Hellen Qualto. Panorama da biblioterapia no Brasil: limitações e dificuldades. 2019. 83 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Faculdade de Informação e Comunicação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18457
Data de publicação: 2-Dez-2019
Aparece nas coleções:FIC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Biblioteconomia - Hellen Qualto Muniz - 2019.pdf1,06 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons