Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18491
Tipo do documento: Artigo
Título: Teleologia e vontade segundo Husserl
Autor: Korelc, Martina
Resumo: O texto analisa como a teleologia, forma do ser da subjetividade segundo Husserl, opera na vontade. Em primeiro lugar são apresentados os elementos fundamentais da fenomenologia da vontade enquanto posição de metas; a seguir pergunta-se sobre a meta derradeira que opera na subjetividade como o telos implicado no processo do seu ser. Husserl pensa o telos como o ideal ético infinito da subjetividade perfeita na comunidade perfeita. A fé e a decisão pessoal por esta meta são fundamentais para a realização do sentido do ser.
Abstract: According to Husserl, a teleology is a form of being of transcendental subjectivity; a paper analyses how it operates in a will, by pointing out, in the first place, the fundamental elements of the phenomenology of will and, in the second place, by asking about the authentic goal of will that functions as a telos of the process of being. The telos is thought by Husserl as an infinite ethical ideal of the perfect subjectivity in a perfect community. A faith and a personal decision on this goal are necessary for the sense of being.
Palavras-chave: Fenomenologia
Teleologia
Subjetividade
Vontade
Ser
Phenomenology
Teology
Subjectivity
Will
Being
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Filosofia - FAFIL (RG)
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18491
Data de publicação: Jun-2013
Aparece nas coleções:FAFIL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Martina Korelc - 2013.pdf1,27 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons