Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18499
Tipo do documento: Artigo
Título: Ultrassonometria de falange no rastreio de osteoporose em mulheres adultas
Título(s) alternativo(s): Ultrasonometr y of phalanx for screening of osteoporosis in adult women
Autor: Andrade, Sara Rosa de Sousa
Silva, Maria Rita de Sousa
Macedo, Mayara Rios Leite
Marot, Ricardo Pereira
Amaral, Waldemar Naves do
Resumo: Objetivo: Avaliar a qualidade óssea (osteossonografia) e quantidade óssea (osteossonometria) em uma população de mulheres do interior de Goiás, considerando a evolução da massa óssea conforme a faixa etária da mulher. Material e métodos: O estudo foi realizado no Hospital da Mulher e Maternidade Dona Íris, na cidade de Goiânia, onde 123 mulheres acima de 30 anos de idade, se submeteram ao exame de Ultrassonometria de Falange, por meio do aparelho DBM 3G. A população total foi dividida por faixa etária: 30-39 anos (grupo 1), 40-49 anos (grupo 2), 50-59 anos (grupo 3) e a partir de 60 anos (grupo 4). Resultados: Quanto à quantidade óssea (AD-SOS): Normal(N): ≥ -1;Osteopenia(OP): -2,5 <OP< -1; Osteoporose(OO): ≤-2,5, obteve-se os seguintes resultados:Grupo 1: 47% N, 50% OP e 3% OO, Grupo 2: 56% N, 34% OP e 10% OO, Grupo 3: 21% N, 49% OP e 30% OO e Grupo 4: 0% N, 26% OP e 74% OO. Quanto à qualidade óssea (UBPI): Normal(N): ≥ 0,84; Limítrofe(L): 0,70<UBPI< 0,83; Inadequada(I): 0,44<UBPI<0,70; Deteriorado(D): ≤0,44, os resultados foram:Grupo 1: 10% N, 37% L, 53% I e 0% D; Grupo 2: 9% N, 25% L, 60% I e 6% D; Grupo 3: 3% N, 18% L, 55% I e 24% D; Grupo 4: 0% N, 3% L, 16% I e 81% D. Conclusão: Houve uma perda óssea significativa de acordo com o avanço da idade das mulheres dessa população, em termos quantitativos e qualitativos.
Abstract: Objective: To evatuate bone quality (osteossonografia) and bone quantity (osteossonometria) in a population of women in the interior of Goiás, considering the evolution of bone mass with age of the woman. Methods: The study was done at Hospital da Mulher e Maternidade Dona Íris, in Goiânia, where 123 were submitted to an ultrasonography to check the Falange, through the DBM 3G handset. The total population was divided by ages groups: 30-39 years (Group 1), 40-49 years (Group 2), 50-59 years (Group 3) and from 60 years (Group 4). Results: About the bone quantity (AD-SOS): Normal (N): ≥ -1; Osteopenia (PO): -2.5 < OP < -1; Osteoporosis (OO): ≤ -2.5, were found the following results: Group 1: 47% N, 50% PO and 3% OO; Group 2: 56% N, 34% PO and 10% OO; Group 3: 21% N, 49% OP and 30% OO; Group 4: 0% N, 26% PO and 74% OO. About bone quality (UBPI): Normal (N): ≥ 0.84; Limitary (L): 0.70 <UBPI <0.83; Inadequate (I): 0.44 <UBPI <0.70; Deteriorated (D): ≤0,44, the results were: Group 1: 10% N, 37% L, 53% I and 0% D; Group 2: 9% N, 25% L, 60% I and 6% D; Group 3 3% N, 18% L, 55% I and 24% D; Group 4: 0% N, 3% L, 16% I and 81% D. Conclusion: There was an expressive bone loss according to the age increase in quantitative and qualitative terms.
Palavras-chave: Falange
Osteoporose
Ultrassonometria
Phalanx
Osteoporesis
Ultrasonography
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: ANDRADE, Sara Rosa de Sousa et al. Ultrassonometria de falange no rastreio de osteoporose em mulheres adultas. Revista Goiana de Medicina, Goiânia, v. 46, n. 2, p. 15-18, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18499
Data de publicação: Set-2014
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Sara Rosa de Sousa Andrade - 2014.pdf131,56 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons