Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18504
Tipo do documento: Artigo
Título: Efeito de um programa de exercícios para o fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico de multíparas
Título(s) alternativo(s): The effect of an exercise program to strengthen pelvic floor muscles in multiparous women
Autor: Assis, Thaís Rocha
Sá, Ana Claudia Antonio Maranhão
Amaral, Waldemar Naves do
Batista, Elicéia Marcia
Formiga, Cibelle Kayenne Martins Roberto
Conde, Delio Marques
Resumo: OBJETIVOS: Investigar o efeito de um programa individualizado e supervisionado de exercícios para os músculos do assoalho pélvico (MAP) no pós-parto de multíparas e verificar a correlação entre dois métodos de medida de força dos MAP. MÉTODOS: Conduziu-se um ensaio clínico aberto em que foram incluídas puérperas, multíparas com idade entre 18 e 35 anos. A amostra foi de 23 puérperas divididas em dois grupos: Grupo Intervenção (GI, n=11) e Grupo Controle (GC, n=12). As puérperas do GI participaram de um programa de exercícios para os MAP durante oito semanas, com frequência de duas vezes por semana. As puérperas do GC não receberam orientação quanto à prática de exercícios. A força dos MAP foi medida em duas oportunidades, utilizando-se a palpação vaginal digital e o perineômetro. A análise estatística foi realizada através dos seguintes testes: exato de Fisher, do χ2, t de Student, Kolmogov-Smirnov para duas amostras e coeficiente de correlação de Pearson. Foi considerado como significativo p<0,05. RESULTADOS: A média de idade das participantes do GI foi de 24±4,5 anos e do GC foi de 25,3±4 anos (p=0,4). Após o programa de exercícios, verificou-se diferença significativa entre os grupos nas duas medidas da força muscular (p<0,001). Os dois métodos de medida da força muscular apresentaram correlação significativa nas duas avaliações (1ª avaliação: r=0,889, p<0,001; 2ª avaliação: r=0,925, p<0,001). CONCLUSÕES: O programa de exercícios resultou em aumento significativo da força dos MAP. Verificou-se boa correlação entre a palpação vaginal digital e o perineômetro, indicando que a palpação vaginal pode ser utilizada na prática clínica por ser um método de baixo custo e que demonstrou uma correlação significativa com um método objetivo, o perineômetro.
Abstract: PURPOSES: To investigate the effect of an individualized and supervised exercise program for the pelvic floor muscles (PFM) in the postpartum period of multiparous women, and to verify the correlation between two methods used to assess PFM strength. METHODS: An open clinical trial was performed with puerperal, multiparous women aged 18 to 35 years. The sample consisted of 23 puerperal women divided into two groups: Intervention Group (IG, n=11) and Control Group (CG, n=12). The puerperal women in IG participated in an eight-week PFM exercise program, twice a week. The puerperal women in CG did not receive any recommendations regarding exercise. PFM strength was assessed using digital vaginal palpation and a perineometer. The statistical analysis was performed using the following tests: Fisher’s exact, χ2, Student’s t, Kolmogorov-Smirnov for two samples, and Pearson’s correlation coefficient. Significance was defined as p<0.05. RESULTS: The participants’ mean age was 24±4.5 years in IG and 25.3±4 years in CG (p=0.4). After the exercise program, a significant difference was found between the groups in both modalities of muscle strength assessment (p<0.001). The two muscle strength assessment methods showed a significant correlation in both assessments (1st assessment: r=0.889, p<0.001; 2nd assessment: r=0.925, p<0.001). CONCLUSIONS: The exercise program promoted a significant improvement in PFM strength. Good correlation was observed between digital vaginal palpation and a perineometer, which indicates that vaginal palpation can be used in clinical practice, since it is an inexpensive method that demonstrated significant correlation with an objective method, i.e. the use of a perioneometer.
Palavras-chave: Terapia por exercícios
Contração muscular/fisiologia
Força muscular
Diafragma da pelve
Período pós-parto
Atenção primária à saúde
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: ASSIS, Thaís Rocha et al. Efeito de um programa de exercícios para o fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico de multíparas. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, Rio de Janeiro, v. 35, n. 1, p. 10-15, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0100-72032013000100003 
Identificador do documento: 10.1590/S0100-72032013000100003 
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18504
Data de publicação: 2013
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Thaís Rocha Assis - 2013.pdf189,19 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons