Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18509
Tipo do documento: Artigo
Título: Perfil epidemiológico dos militares considerados inaptos para o teste de avaliação física
Título(s) alternativo(s): Epidemiological profile of military polic e officers deemed unfit to take the physical evaluation test
Autor: Almeida, Suzy Darlen Soares de
Souza, Odeceni Vieira de
Oliveira, Ludmilla Marques de
Miguel, Thais Ramos
Amaral, Waldemar Naves do
Amaral Filho, Waldemar Naves do
Resumo: OBJETIVO: Caracterizar o perfil clínico e laboratorial dos Policiais Militares considerados inaptos para o Teste de Avaliação Física (TAF). MÉTODOS: Estudo retrospectivo e descritivo de levantamento dos dados referentes aos 388 policiais militares considerados inaptos contidos no banco de dados do Centro de Saúde Integral do Policial Militar, durante o período de 02 de fevereiro de 2009 a 30 de abril de 2010. RESULTADOS: Diante os dados analisados, observou-se que 69,3% dos militares considerados inaptos para o TAF são homens, variando a idade entre 25 e 60 anos, sendo seu maior percentual no intervalo de idade de 35 a 55 anos (79,1%). Percebe-se um maior número de sujeitos com peso adequado (42,0%) e com pré-obesidade 28,61%. Quanto ao perfil lipídico, percebe-se que 44,0%, 52,1%, 34,3% e 49,2% dos policiais inaptos, respectivamente, apresentaram alteração no colesterol total, HDL, LDL e triglicerídeos. Da mesma forma, os resultados alterados foram encontrados em 4,9%, 29,6%, 34,5% e 4,6% da amostra estudada para o hemograma, a glicemia, a creatinina e o PSA, respectivamente. CONCLUSÃO: Conclui-se que dos militares considerados inaptos para o TAF, 57,9% encontraram-se acima do peso, 40,46% são hipertensos e ainda, 44,0%, 52,1%, 34,3%, 49,2%, 29,6% e 34,5%, apresentaram, respectivamente, colesterol total, HDL, LDL, triglicerídeo, glicemia e creatinina acima dos valores referenciais.
Abstract: OBJECTIVE: To characterize the clinical and laboratory profile of miltary police officers rated unfit on the Physical Assessment Test (PAT). METHODS: A retrospective, cross-sectional descriptive survey of data on 388 unfit military police officers from the Military Police Integral Health Center database covering the period from February 2, 2009 to April 30, 2010. RESULTS: 69.3% of unfit military police offers were men, ranging in age from 25 to 60 years. The largest percentage (79.1%) were in the 35 to 55 year age bracket. 42.0% of subjects had normal weight and 28.61% were pre-obese. The lipid profile showed that 44.0%, 52.1%, 34.3% and 49.2% of unfit police officers showed alterations in total cholesterol, HDL, LDL and triglycerides, respectively. Similarly, abnormal results were found for 4.9%, 29.6%, 34.5% and 4.6% of the sample for complete blood count, glucose, creatinine and PSA, respectively. CONCLUSION: Of the military police officers rated as unfit on the PAT, 57.9% were overweight, 40.46% were hypertensive and 44.0%, 52.1%, 34.3%, 49 2%, 29.6% and 34.5% registered total cholesterol, HDL, LDL, triglycerides, glucose and creatinine levels above the reference values .
Palavras-chave: Militares
Trabalhador
Doenças crônicas e perfil de saúde
Military
Hypertension
TAF
Obesity
Health
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: ALMEIDA, Suzy Darlen Soares de et al. Perfil epidemiológico dos militares considerados inaptos para o teste de avaliação física. Revista Goiana de Medicina, Goiânia, v. 43,n. 1, p. 14-19, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18509
Data de publicação: Abr-2013
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Suzy Darlen Soares de Almeida - 2013.pdf181,63 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons