Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18539
Tipo do documento: Artigo
Título: Achados mais comuns na ultrassonografia protástica
Título(s) alternativo(s): More common findings at prostate ultrasound
Autor: Lemes, André Moreira
Orlando, Anselmo de Paula
Goulart, Camila França de Paula Orlando
Machado, Carolina Rodrigues
Mendonça, Ernesto Quaresma
Neves Júnior, José
Amaral, Waldemar Naves do
Resumo: OBJETI VO: Avaliar achados em exames ultrassonográficos de próstata. MÉTODOS : Análise de 737 laudos de exames de ultrassom transrretal contidos no banco de dados de uma clínica particular, em Goiânia-GO . RESULTADOS : 31,88% dos pacientes apresentavam próstata, vesículas seminais e bexiga normais, sendo a média de idade desses pacientes igual a 56,58 anos. Próstatas apresentando volume discretamente ou visivelmente aumentado, sem nenhum outro tipo de intercorrência, constituíram achado em 23,47% dos laudos de homens com idade média de 59,18 anos. Próstatas de volume aumentado com calcificação central representaram 8,81% dos achados numa média de idade de 57,16 anos. Presença de nódulos e evidências que sugerem adenoma prostático foi verificada em 7,3% dos exames, sendo que a média de idade para esse percentual é de 69,10 anos. 1,89% dos pacientes, com média de idade de 59,22 anos, apresentaram hipertrofia prostática benigna. CONCL USÃO : A relação entre idade e achados ultrassonográficos que indicam risco de câncer de próstata, mostrou-se evidente e diretamente proporcional, comprovando o que a literatura descreve. Apesar disso, a idade não constituiu fator exclusivo na determinação desse risco, uma vez que pacientes com menos de 50 anos apresentaram achados dignos de atenção clínica. Fica clara a necessidade de investigar a multifatoriedade que rege a etiopatogênese das alterações prostáticas, permitindo assim que, associada ao diagnóstico precoce, possibilitado pela ultrassonografia transrretal de próstata, possamos evoluir ainda mais na aplicação terapêutica, evitando que o paciente sofra intercorrências, como infertilidade, disfunção miccional e doença metastática.
Abstract: OBJECTI VE: Evaluate findings at prostate ultra-sound exams. METHODS : 737 results of transrretal ultrasound exams of patients with a range of age starting at 21 and ending at 83 years old has been analyzed from the data bank of a particular clinic, at Goiânia-GO . RESULTS : It was evidenced that 31.88% of the patients had presented prostate, seminal vesicles and bladder normal, and the average of age of these patients it was 56,58 years. Prostates presenting volume discrete or visibly increased, without any other alteration, had been found in 23,47% of the findings of men with average age of 59,18 years. Presence of nodules and evidences that suggest prostate adenoma had been verified in 7,3% of the examinations, and the average of age for this percentage is of 69,10 years. 1.89% of the patients, with age average of 59,22 years, had presented benign prostate hypertrophy. CONCL USION : The relation between age and ultrasound’s findings that indicates risk of prostate cancer, revealed evident and directly proportional, proving what literature describes. Although this, the age did not constitute exclusive factor in the determination of this risk, because patients less than 50 years old had been presented findings that deserve clinical attention. It’s clear the necessity of investigating the multifactor cause of the prostatic alterations, allowing us to use efficient therapeutical methods that, allied with precocious diagnosis, made possible by exams as the transrretal ultrasound, can avoid risks for patient, like infertility, urinary incontinence or metastatic disease.
Palavras-chave: Prostate
Age
Infertility
Ultrasound
Transrretal
Próstata
Ultrassonografia
Transrretal
Idade
Infertilidade
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: LEMES, André Moreira et al. Achados mais comuns na ultrassonografia protástica. RBUS: revista brasileira de ultra-sonografia, Goiânia, v. 9, p. 12-14, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18539
Data de publicação: 2010
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - André Moreira Lemes - 2010.pdf70,6 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons