Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18547
Tipo do documento: Artigo
Título: "Alto sertão veredas”: por entre trilhas indígenas
Título(s) alternativo(s): “High backcountry paths”: among indian trails
Autor: Herbetta, Alexandre Ferraz
Resumo: Os Kalankó vivem no alto sertão alagoano, onde dizem que a vida não é fácil. Neste cenário, a música é um domínio fundamental para sobreviverem. Ela de certa forma constitui um caminho que promove transformações nos sujeitos. Neste sentido, ela parece ser importante para as migrações, ou seja, transformações geográfi cas, para a cura, ou para as transformações corporais e para a luta política, ou para transformações sociais. Todas estas transformações deixam rastros – ou linhas – sobre a caatinga. O presente texto busca explorar as linhas produzidas pela movimentação Kalankó, suas formas e direcionalidades. Através das linhas, tenta-se entender, então, a relação da música com o universo cultural Kalankó. Neste sentido, a análise em tela aponta para o caráter tradutor desta música.
Abstract: The Kalankó indians live in the hinterland of Alagoas, Brazil, where they say that life is not easy. In this scenario, the music is a key code to survive. It is somehow a concrete way that promotes transformations. In this sense, it seems to be important for migration, i.e., geographic transformations, for healing, or the bodily modifi cations and political struggle, or social change. All these transformations leave traces - or lines - on the caatinga (Brazilian savannah). This paper seeks to explore the lines produced by the Kalankó movements, its forms and directionalities. So, through the lines, it tries to understand, then, the relationship between music and culture. In this sense, the analysis points to the translation character of this musicality.
Palavras-chave: Música
Linhas
Transformação
Music
Lines
Transformation
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Citação: HERBETTA, Alexandre. “Alto sertão veredas”: por entre trilhas indígenas. Vivência: Revista de Antropologia, Natal, n. 43, p. 135-150, 2014
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18547
Data de publicação: 2015
Aparece nas coleções:FCS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Alexandre Ferraz Herbetta - 2015.pdf486,35 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons