Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18569
Tipo do documento: Artigo
Título: Reflexões sobre museus, turismo e o compromisso público da arqueologia
Autor: Cândido, Manuelina Maria Duarte
Wichers, Camila Azevedo de Moraes
Resumo: Este trabalho discute questões com as quais nos defrontamos na prática de construção do Museu do Alto Sertão da Bahia (MASB). Por um lado, esta experiência é marcada pelas inspirações advindas de movimentos e tendências, como a Museologia Social ou Sociomuseologia, que colocam em segundo plano aspectos da institucionalização dos museus, da constituição de acervos e outras demandas dos museus tradicionais, enfatizando o trinômio território-patrimônio-sociedade. Por outro lado, o patrimônio arqueológico, Bem da União no Brasil, traz desafios específicos. O compromisso público com o patrimônio arqueológico impõe a salvaguarda para as futuras gerações, limitando o discurso de uma “fluidez museal” defendida pela Sociomuseologia e suas congêneres, em que o museu, criado em torno dos problemas da comunidade, pode ser desarticulado enquanto tal quando tais problemas forem superados. A reflexão acerca da inserção do Turismo nessa complexa tecitura é especialmente instigante e desafiadora, visto que práticas do Turismo Cultural têm sido recorrentemente articuladas aos processos identificados com a Sociomuseologia, assim como evidenciamos esforços crescentes dos museus tradicionais de Arqueologia em inserir-se em circuitos turísticos. No MASB, a relação entre Museu, Turismo e Arqueologia tem se beneficiado desse modelo híbrido, privilegiando a tríade Motivação-Interpretação-Intervenção, e problematizando os conceitos de ambiente, patrimônio natural e patrimônio cultural.
Abstract: This paper discusses issues that are faced in building practice of the Museu do Alto Sertão da Bahia - MASB. On the one hand, this experience is marked by inspirations that come from movements and trends such as Sociomuseology, posing in the background aspects of institutionalization of museums, the constitution of collections and other demands of traditional museums, emphasizing the triad territory – heritage – society. On the other hand, the archaeological heritage, belonging to the National Heritage in Brazil, brings specific challenges. The public commitment to archaeological heritage requires safeguarding for future generations, limiting the discourse of a "museum fluidity" advocated by Sociomuseology and their counterparts, where the museum, created around community issues, can be dismantled when such problems are overcome. The reflection on the insertion of Tourism in this complexity is especially exciting and challenging, since the Cultural Tourism practices have been repeatedly articulated to the processes identified with Sociomuseology, as we noted increasing efforts of the traditional museums of Archaeology in inserting in tourist circuits. At MASB, the relationship between museum, tourism and archeology has benefited this hybrid model, focusing on the motivation – interpretation – intervention triad, and questioning the concepts of environment, natural heritage and cultural heritage.
Palavras-chave: Museus
Turismo
Sociedade
Arqueologia
Patrimônio cultural
Museums
Tourism
Society
Archaeology
Cultural Heritage
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Citação: CÂNDIDO, Manuelina Maria Duarte; WICHERS, Camila A. de Moraes. Reflexões sobre museus, turismo e o compromisso público da arqueologia. Revista Iberoamericana de Turismo, Penedo, v. 5, n. esp., p. 103-119, out. 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18569
Data de publicação: Out-2015
Aparece nas coleções:FCS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Manuelina Maria Duarte Cândido - 2015.pdf498,01 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons