Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18649
Tipo do documento: Artigo
Título: Modos de ver e viver o cinema: etnografia da recepção fílmica e seus desafios
Autor: Souza, Maria Luiza Rodrigues
Resumo: O cinema pode ser objeto de estudo antropológico pelo menos de três formas: visando compreender a esfera da produção cinematográfica; por meio de uma antropologia da narrativa e das representações fílmicas; ou ainda através de estudos sobre a recepção das obras. Considerando que estas possibilidades podem se mesclar este trabalho discute a recepção fílmica e seus desafios para uma etnografia do cinema tal como este é percebido pelas assistências. As perguntas centrais dizem respeito a como o cinema é vivido e compreendido por sujeitos que ocupam distintas posições sociais. Trata- se de compreender não o filme em si, mas como a narrativa fílmica é significada por quem a assiste. O presente trabalho enfoca questões sobre o que fazer numa pesquisa que pretenda desenvolver uma etnografia sobre a interpretação da narrativa fílmica pelo público frequentador de cinema, indagando quais as relações entre o método etnográfico e as metodologias empregadas nos estudos de recepção cinematográfica. Como a abordagem antropológica pode contribuir para pesquisas sobre a forma como as imagens, sons e narrativas fílmicas são (res)significadas? Para discutir as questões propostas serão apresentados resultados preliminares de uma pesquisa em andamento a respeito das opiniões, comportamentos e percepções de um grupo heterogêneo de pessoas a respeito de filmes.
Abstract: Cinema might be an object of anthropological study in at least three ways: seeking to understand the context of film production; by means of an anthropology of film narrative and film representations; or also by means of reception studies. Taking into consideration that these possibilities might be combined in numerous ways, this article discusses film reception and its challenges for ethnography of cinema, as audiences experience it. The main questions concern how cinema is lived and understood by people who occupy different subject and social positions. Instead of understanding the film itself, it is about understanding how film narrative is conceived by spectators. This article focuses on questions about what one can do in a research which aims to develop an ethnography of the interpretation of film narrative by specific audiences, asking what are the relationships between ethnographic method and the methodologies employed in the studies of film reception. How can the anthropological approach contribute to research on how images, sounds and film narratives are (re)signified? To discuss the proposed issues, I present preliminary results of an ongoing research about the beliefs, behaviors and perceptions of a heterogeneous group of people regarding films.
Palavras-chave: Recepção cinematográfica
Etnografia
Métodos
Reception studies
Ethnography
Methods
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Citação: SOUZA, Maria Luiza Rodrigues. Modos de ver e viver o cinema: etnografia da recepção fílmica e seus desafios. Rebeca: revista Brasileira de estudos de cinema e audiovisual, Santa Catarina, v. 3, n. 5, p. 1-16, jan./jun. 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.22475/rebeca.v3n1.59
Identificador do documento: 10.22475/rebeca.v3n1.59
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18649
Data de publicação: Jun-2014
Aparece nas coleções:FCS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Maria Luiza Rodrgiues - 2014.pdf387,88 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons