Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18696
Tipo do documento: Artigo
Título: Profundidade de polimerização de resinas híbrida, micro e nanoparticuladas utilizando luz halógena ou LED de segunda geração
Título(s) alternativo(s): Curing depth of hybrid, microfilled and nanofilled composites cured with halogen lights or second generation led
Autor: Lopes, Lawrence Gonzaga
Souza, João Batista de
Andrade, Flávia Reis de
Andrade, Priscilla Raquel de
Freitas, Gersinei Carlos de
Barnabé, Willian
Campos, Bruno Barbosa
Resumo: As propriedades físicas e biológicas das resinas compostas vêm sendo otimizadas com a adoção de um adequado protocolo de polimerização. Neste contexto, novas tecnologias surgiram como opções dentre os diversos sistemas disponíveis. Desta maneira, objetivou-se analisar, por intermédio de teste de profundidade de polimerização, resinas compostas híbrida (Z100), microparticulada (Filtek A110) e de nanopartículas (Filtek Supreme), quando fotoativadas com Luz Visível Convencional e LED de segunda geração. Para tanto, foram confeccionados dez corpos-de-prova padronizados para cada condição, a partir da inserção da resina em uma matriz de aço (10mm de altura X 5mm de diâmetro). Os espécimes foram submetidos ao teste de raspagem da porção não polimerizada, obtendo-se os valores de profundidade de polimerização conforme norma da ISO n.4049. Os dados obtidos (mm) com luz halógena, Z100- 2,27±0,23; A110- 2,42±0,18; Filtek Supreme- 2,48±0,37, e os obtidos com o LED, Z100- 2,45±0,18;A110- 2,05±0,10; Filtek Supreme- 2,45±0,20, foram submetidos à análise de variância, seguido pelo teste de Tukey (p=0,05). Dados concludentes suscitaram não haver diferenças estatisticamente significantes entre as fontes de luz para Filtek Supreme e Z100, exceto para a resina A110, cujos valores revelaram-se menores para o LED. Portanto, o uso da fonte LED foi viável para as resinas Z100 e Filtek Supreme.
Abstract: The physical and biological properties of the composite resins have been improved with an adequate polymerization protocol of application. Thus, new technolgies became as options among the others curing units. The aim of this study was to evaluate the cure depth using a standardised technique (ISO 4049) of differents composite, hybrid (Z100), microfilled (A110) and nanofilled (Filtek Supreme), when photo-cured with conventional visible light and second generation LED. Ten specimens per group were prepared by insertion of composite into a cilindrical steel matrix (10mm depht X 5mm diameter). The specimens were submited to scrapping test to remove uncured material, resulting in the deph of cure values according to ISO 4049 specification. The data obtained (mm) by halogen light, Z100- 2.27±0.23; A110- 2.42±0.18; Filtek Supreme- 2.48±0.37, and by LED unit, Z100- 2.45±0.18;A110- 2.05±0.10; Filtek Supreme- 2.45±0.20, were perfomed using two way ANOVA e Tukey test (p=0.05). There were not significant differences between light units for Z100 and Filtek Supreme, except A110 composite resin when cured by LED unit, which demonstrated the lowest results. Hence, the LED unit was viable for Z100 and Filtek Supreme.
Palavras-chave: Composite resin
LED
Polymerization
Resina composta
Polimerização
LED
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Odontologia - FO (RG)
Citação: LOPES, Lawrence Gonzaga et al. Profundidade de polimerização de resinas híbrida, micro e nanoparticuladas utilizando luz halógena ou LED de segunda geração. Robrac: revista odontológica do Brasil Central, Goiânia, v. 15, n. 39, p. 37-43, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18696
Data de publicação: 2006
Aparece nas coleções:FO - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Lawrence Gonzaga Lopes - 2006.pdf54,52 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons