Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18710
Tipo do documento: Artigo
Título: De resistências à aprendizagem da língua inglesa
Título(s) alternativo(s): On resistance to the english language learning
Autor: Pessoa, Rosane Rocha
Pinto, Joana Plaza
Resumo: Este trabalho analisa narrativas sobre o contexto e as razões de desistência do estudo do inglês como língua estrangeira, especificamente entre estudantes e professoras/es da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás. O objetivo é compreender os significados culturais e as práticas identitárias das/os participantes em relação ao papel hegemônico do inglês como língua estrangeira no Brasil. Os resultados mostram que a desistência ocorreu em diferentes contextos educacionais e que a dificuldade com a língua inglesa é vista como limitação individual, reforçando a noção de aprendizado focado no indivíduo, nesses casos narrados como fracassados. Há ainda identificações antagônicas e aparentemente contraditórias sobre a construção da língua inglesa no mundo hoje. A partir da noção de habitus, aponta-se que as narrativas sobre o inglês legitimam o lugar de autoridade dessa língua.
Abstract: This paper analyses narratives of students and teachers from the Faculdade de Letras at the Universidade Federal de Goiás concerning the time and the reasons why they gave up studying English as a foreign language. It is aimed at understanding the college cultural meanings and identity practices with respect to the hegemonic role of English as a foreign language in Brazil. The research shows that the participants gave up studying English in different educational contexts and that the difficulty with English is seen as an individual limitation, reinforcing the notion of learning focused on the individual, in this case narrated as unsuccessful. Besides, it indicates that they disapprove of English and produce apparently contradictory narratives about the English language construction in the world today. Based on the notion of habitus, it is claimed that the narratives about English legitimize the place of authority of this language.
Palavras-chave: Estudantes de letras
Língua inglesa
Hegemonia
Resistência
Students of letras
English language
Hegemony
Resistance
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Música e Artes Cênicas - EMAC (RG)
Citação: PESSOA, Rosane Rocha; PINTO, Joana Plaza. De resistências à aprendizagem da língua inglesa. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, v. 52, n. 1, p. 31-51, jan./jun. 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0103-18132013000100003
Identificador do documento: 10.1590/S0103-18132013000100003
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18710
Data de publicação: Jun-2013
Aparece nas coleções:EMAC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Rosane Rocha Pessoa - 2013.pdf557,96 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons