Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18770
Tipo do documento: Artigo
Título: Perfil epidemiológico dos atendimentos de emergência por violência no Sistema de Serviços Sentinelas de Vigilância de Violências e Acidentes (Viva) – Brasil, 2006
Título(s) alternativo(s): Epidemiological profile of violence patients of emergency help services in the Injury Surveillance System Network in Sentinel Services (VIVA) – Brazil, 2006
Autor: Mascarenhas, Márcio Dênis Medeiros
Silva, Marta Maria Alves da
Malta, Deborah Carvalho
Moura, Lenildo de
Macário, Eduardo Marques
Gawryszewski, Vilma Pinheiro
Morais Neto, Otaliba Libânio de
Resumo: A violência vem sendo considerada uma das principais causas de morbimortalidade em todo o mundo. Em 2006, o Ministério da Saúde implantou o Sistema de Serviços Sentinelas de Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA) para caracterizar os atendimentos de emergência por violências e acidentes, que também incluem as lesões de menor gravidade, não implicadoras de mortes ou internações. Este estudo tem por objetivo descrever as características dos casos de violência notificados pelos serviços públicos de emergência do Brasil em 2006. Registraram-se 4.854 atendimentos por violência, classificados como agressões (87,0%), tentativas de suicídio (8,7%) e maus-tratos (4,3%). O perfil da vítima consiste, principalmente, em pessoa do sexo masculino, jovem (20-29 anos), negra e com baixo nível de escolaridade. Estes resultados revelam o perfil da violência e permitem direcionar o planejamento de políticas públicas voltadas à prevenção de agravos e promoção da saúde.
Abstract: Violence is one of the leading causes of morbidity and mortality all over the world. In 2006, the Brazilian Ministry of Health established an injury surveillance system network in sentinel services (VIVA) to describe data on injuries victims treated at emergency departments, including minor injuries which do not imply deaths and hospitalization. This paper aims to describe the characteristics of violence-related cases reported by public emergency departments in Brazil, in 2006. A total of 4,854 violence-related cases were registered, as well assaults (87.0%), suicide attempts (8.7%), and maltreatment (4.3%). The victim’s profile consists mainly by persons of male gender, youths (20-29 years old), blacks and referring low educational level. These results show the profile of violence, and may guide public policy planning for prevention and health promotion.
Palavras-chave: Epidemiologia
Violência
Causas externas
Vigilância
Epidemiology
Violence
External causes
Surveillance
Accidents
Cross-sectional studies
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: MASCARENHAS, Márcio Dênis Medeiros et al. Perfil epidemiológico dos atendimentos de emergência por violência no Sistema de Serviços Sentinelas de Vigilância de Violências e Acidentes (Viva) – Brasil, 2006. Epidemiologia e Serviços de Saúde, Brasília, v. 18, n. 1, p. 17-28, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5123/S1679-49742009000100003
Identificador do documento: 10.5123/S1679-49742009000100003
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18770
Data de publicação: Mar-2009
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Márcio Dênis Medeiros Mascarenhas - 2009.pdf197,13 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons