Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18817
Tipo do documento: Artigo
Título: Fungos micorrízicos arbusculares e adubação fosfatada no crescimento inicial de seis espécies arbóreas do cerrado
Título(s) alternativo(s): Effect of arbuscular mycorrhizal fungi and phosphate fertilization on initial growth of six arboreal species of cerrado
Autor: Lacerda, Kenia Alves Pereira
Silva, Marcelle Moreira de Souza
Carneiro, Marco Aurélio Carbone
Reis, Edésio Fialho dos
Saggin Júnior, Orivaldo José
Resumo: Conduziu-se este estudo, com o objetivo de avaliar o benefício da inoculação com o fungo micorrízico arbuscular, Glomus clarum, sobre o crescimento inicial da gabiroba (Campomanesia cambessedeana), baru (Dipterix alata), jatobá (Hymenaea courbaril), ingá (Inga laurina), caroba (Jacaranda cuspidifolia) e chichá (Sterculia striata), espécies arbóreas nativas do Bioma de Cerrado, em solo não esterilizado com baixo (0,02 mg L-1) e alto (0,2 mg L-1) teor de P na solução do solo. Os experimentos foram conduzidos em casa de vegetação, em vasos de 1,5 kg, por até 120 dias. O delineamento experimental para cada espécie arbórea foi inteiramente casualizado com dez repetições, em esquema fatorial 2x2 (mudas inoculadas e não inoculadas e dois níveis fósforo (P) na solução do solo). As plantas arbóreas do Cerrado apresentaram incremento na colonização micorrízica pela inoculação com Glomus clarum, exceto o chichá que apresentou colonização da comunidade indígena alta não diferindo da promovida pelo fungo inoculado. A inoculação proporcionou aumento no crescimento do baru, gabiroba, ingá, caroba e chichá, assim como da matéria seca da parte aérea (MSPA) e a matéria seca de raízes (MSR), sendo que, para a caroba, o efeito foi sinérgico com a aplicação de P ao solo. O baru e o jatobá apresentaram apenas incremento da matéria seca com à aplicação de P ao solo. A micotrofi a (dependência micorrízica) das espécies e suas respostas à inoculação e ao fósforo são discutidas. Recomenda-se para produção de mudas, de qualidade, de caroba, gabiroba, chichá e ingá a inoculação com Glomus clarum conjuntamente com a fertilização fosfatada do solo e para o jatobá e baru apenas aplicação de P ao solo.
Abstract: This study evaluated the benefi t of inoculation with arbuscular mycorrhizal fungi, Glomus clarum, for the initial growth of some native arboreal species of the Cerrado biome, namely gabiroba (Campomanesia cambessedeana), baru (Dipterix alata), jatobá (Hymenaea courbaril), ingá (Inga laurina), caroba (Jacaranda cuspidifolia) and chichá (Sterculia striata), in unsterilized soil with low (0.02 mg L-1) and high (0.2 mg L-1) concentrations of P in the soil solution. Experiments were conducted in a greenhouse, using 1.5 kg vases, for up to 120 days. The experimental design for each arboreal species was completely randomized, with ten replicates in a 2x2 factorial design (inoculated and noninoculated seedlings, and two levels of phosphorus (P) in the soil solution). Arboreal plants of the Cerrado biome showed increased mycorrhizal colonization from inoculation with Glomus clarum, except chichá, as this species showed a high indigenous colonization, not differing from the colonization promoted by inoculated fungi. Inoculation promoted increased growth in baru, gabiroba, ingá, caroba and chichá, increasing shoot dry matter (MSPA) and root dry matter (MSR). In caroba, this effect was synergistic with application of P to the soil. Baru and jatobá showed increased dry matter with application of P to the soil only. The mycotrophy (mycorrhizal dependence) of species and their response to inoculation and to phosphorus are discussed. In order to produce quality seedlings of caroba, gabiroba, chichá and ingá, combining inoculation with Glomus clarum and phosphate fertilization of the soil is recommended, while for jatobá and baru only the application of P to the soil is recommended.
Palavras-chave: Mudas
Revegetação
Inoculação
Simbiose
Fósforo
Seedlings
Revegetation
Inoculation
Symbiosis
Phosphorus
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: LACERDA, Kenia Alves Pereira et al. Fungos micorrízicos arbusculares e adubação fosfatada no crescimento inicial de seis espécies arbóreas do cerrado. CERNE, Lavras, v. 17, n. 3, p. 377-386, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0104-77602011000300012
Identificador do documento: 10.1590/S0104-77602011000300012
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18817
Data de publicação: 2011
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Kenia Alves Pereira Lacerda - 2011.pdf206,46 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons