Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18830
Tipo do documento: Artigo
Título: Características e fatores associados às quedas atendidas em serviços de emergência
Título(s) alternativo(s): The characteristics and factors of emergency service visits for falls
Autor: Malta, Deborah Carvalho
Silva, Marta Maria Alves da
Mascarenhas, Márcio Dênis Medeiros
Sá, Naiza Nayla Bandeira de
Morais Neto, Otaliba Libânio de
Bernal, Regina Tomie Ivata
Monteiro, Rosane Aparecida
Andrade, Silvânia Suely Caribé de Araujo
Gawryszewski, Vilma Pinheiro
Resumo: OBJETIVO: Analisar as características dos atendimentos decorrentes de quedas em serviços de urgência e emergência e identifi car fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal com 12.617 atendimentos decorrentes de quedas registrados no Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes, coletados em 23 capitais e Distrito Federal, de setembro a novembro de 2009, por meio de uma amostra por conglomerado. Foi utilizada a técnica de análise de correspondência, por permitir a observação conjunta de um grande número de variáveis qualitativas. RESULTADOS: A maior parte das vítimas foi do sexo masculino (56,5%), faixa etária de 0 a 19 anos (45,7%) e declarados não brancos (62,2%). A maioria das quedas ocorreu na residência (54,6%) e via pública (17,4%); 14,3% foram relacionadas ao trabalho. Os tipos predominantes foram “queda no mesmo nível” (57,0%) e “queda de escada/degrau” (15,6%). A maioria das lesões foi classifi cada como entorse, luxação, contusão, corte e laceração (68,3%). Quedas dentre as crianças associaram-se à ocorrência na residência; com os adolescentes na escola; e jovens na prática esportiva. Quedas em adultos estiveram associadas ao local de trabalho, queda de andaimes, telhados, escada/ degrau e buracos e uso de álcool. As quedas no mesmo nível resultaram em lesões de menor gravidade, em membros inferiores e superiores, e as quedas de andaime e telhado se associaram com lesões de maior gravidade e internações. CONCLUSÕES: Os resultados mostram que estratégias para a prevenção das quedas devem ser implantadas particularmente em residências, escolas e ambientes de trabalho.
Abstract: OBJECTIVE: To analyze the characteristics of visits to the emergency services that result from falls and to identify the factors associated with these visits. METHOD: A cross-sectional study of 12,617 visits that resulted from falls, recorded in the National Injury Surveillance System, was carried out. The data were collected in 23 Brazilian capitals and the Federal District between September and November 2009 using cluster sampling. Correspondence analysis was used, which allowed for the joint observation of a large number of qualitative variables. RESULTS: Most of the victims were male (56.5%), aged 0 to 19 years (45.7%), and identifi ed as non-white skin color (62.2%). The majority of the falls occurred at home (54.6%) and in the street (17.4%); 14.3% were work-related. The predominant types were “falls on the same level” (57.0%) and “falls from a ladder/step” (15.6%). Most of the injuries were classifi ed as sprains, dislocations, bruises, cuts, or lacerations (68.3%). Falls among children occurred mostly at home; among adolescents at school; and among young people at sports facilities. Falls among adults were associated with the work place, including falls from scaffolding, roofs, stairs/steps, and holes and were linked to alcohol use. Falls on the same level resulted in less serious injuries, mostly on the upper and lower limbs, and falls from scaffolding and roofs were associated with more severe injuries and hospitalization. CONCLUSIONS: The results show that strategies to prevent falls should target residences, schools, and work environments.
Palavras-chave: Estudos transversais
Causas externas
Acidentes por quedas
Serviços médicos de emergência
Fatores de risco
Cross-sectional studies
External causes
Accidental falls
Emergency medical services
Risk factors
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: MALTA, Deborah Carvalho et al. Características e fatores associados às quedas atendidas em serviços de emergência. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 46, n. 1, p. 128-137, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0034-89102012000100016
Identificador do documento: 10.1590/S0034-89102012000100016
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18830
Data de publicação: 2012
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Deborah Carvalho Malta - 2012.pdf195,17 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons