Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18834
Tipo do documento: Artigo
Título: Fatores de risco e proteção para doenças crônicas: vigilância por meio de inquérito telefônico, VIGITEL, Brasil, 2007
Título(s) alternativo(s): Risk and protective factors for chronic noncommunicable diseases: the VIGITEL telephone disease surveillance system, Brazil, 2007
Autor: Moura, Erly Catarina de
Silva, Sara Araújo da
Malta, Deborah Carvalho
Morais Neto, Otaliba Libânio de
Resumo: Este artigo descreve a prevalência de fatores de risco e proteção para doenças crônicas não transmissíveis, a partir dos dados de 2007 do sistema de monitoramento por inquérito telefônico – o VIGITEL. Foram avaliados 54.251 adultos das capitais de estados e do Distrito Federal, Brasil. Os homens apresentaram maior frequência de hábito de fumar, de excesso de peso, de consumo de refrigerantes e de carnes com gordura, de atividade física suficiente no tempo livre, de inatividade física no geral e de consumo abusivo de bebidas alcoólicas; as mulheres, de consumo regular e recomendado de frutas, legumes e verduras. Para os homens, no nível de maior escolaridade, a probabilidade de tabagismo reduz 42%, e a de consumo de carnes com gordura, 31%; as probabilidades de excesso de peso e de inatividade física aumentam, respectivamente, 86% e 42%; consumo recomendado de frutas, legumes e verduras atinge 89%; atividade física no tempo livre aumenta para 78%. Para as mulheres, a probabilidade de tabagismo reduz em 31%, excesso de peso, 26%, e consumo de carnes com gordura, 35%; inatividade física aumenta em 76%, atividade física no tempo livre, 77%, consumo regular de frutas, legumes e verduras, 48%, e recomendado, 75%.
Abstract: This article describes the prevalence of risk and protective factors for chronic non-communicable diseases in Brazil, using data collected in 2007 through the telephone disease surveillance system (VIGITEL). We evaluated 54,252 adults residing in Brazil’s State capitals and Federal District. Men showed higher rates of smoking, overweight, consumption of soft drinks and fatty meat, sufficient leisure-time physical activity, sedentary lifestyle, and binge drinking; women showed higher consumption of fruits and vegetables. For men with more schooling, the probability of smoking decreased by 42% and consumption of fatty meat decreased by 31%; overweight increased 86%, sedentary lifestyle 42%, regular consumption of fruits and vegetables 89%, and leisure-time physical activity 78%. For women with more schooling, the probability of smoking decreased 31%, overweight 26%, and consumption of fatty meat 35%; sedentary lifestyle increased 76%, leisure-time physical activity 77%, regular consumption of fruits and vegetables 48%, and recommended consumption of fruits and vegetables 75%.
Palavras-chave: Surveillance
Chronic disease
Adult
Vigilância
Doença crônica
Adulto
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: MOURA, Erly Catarina et al. Fatores de risco e proteção para doenças crônicas: vigilância por meio de inquérito telefônico, VIGITEL, Brasil, 2007. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 27, n. 3, p. 486-496, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0102-311X2011000300009
Identificador do documento: 10.1590/S0102-311X2011000300009
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18834
Data de publicação: 2011
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Erly Catarina Moura - 2011.pdf186,89 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons