Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18835
Tipo do documento: Artigo
Título: A feasibility study of cell phone and landline phone interviews for monitoring of risk and protection factors for chronic diseases in Brazil
Título(s) alternativo(s): Exequibilidade do uso de entrevistas por telefone celular e por telefone fi xo no monitoramento de fatores de risco e proteção para doenças crônicas
Autor: Moura, Erly Catarina de
Claro, Rafael Moreira
Bernal, Regina Tomie Ivata
Ribeiro, Juliano
Malta, Deborah Carvalho
Morais Neto, Otaliba Libânio de
Resumo: Avaliar a exequibilidade do uso de entrevistas por telefone celular de forma complementar ao fixo para estimativas de fatores de risco e proteção para doenças crônicas não transmissíveis. Questionou-se: idade, sexo, escolaridade, cor, situação conjugal, posse de telefones fixos e celulares, estado de saúde, peso e altura, diagnóstico hipertensão arterial e diabetes, atividade física, alimentação, consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo. As estimativas foram calculadas com peso pós-estratificação. Observou-se, na população entrevistada pelo celular, superestimação na idade entre 25 e 34 anos e subestimação na idade ≥ 45 anos e na faixa de baixa escolaridade. No que se refere aos fatores de risco e proteção para doenças crônicas, as estimativas obtidas nas entrevistas por telefone celular foram iguais às obtidas pelo telefone fixo. As taxas de elegibilidade, de sucesso e de recusas do sistema por telefone celular foram menores do que as do sistema por telefonia fixa; ademais, a perda e o custo foram muito maiores no primeiro sistema, sugerindo que este é insatisfatório como complemento no atual contexto.
Abstract: The study objective was to evaluate the feasibility of interviews by cell phone as a complement to interviews by landline to estimate risk and protection factors for chronic non-communicable diseases. Adult cell phone users were evaluated by random digit dialing. Questions asked were: age, sex, education, race, marital status, ownership of landline and cell phones, health condition, weight and height, medical diagnosis of hypertension and diabetes, physical activity, diet, binge drinking and smoking. The estimates were calculated using post-stratification weights. The cell phone interview system showed a reduced capacity to reach elderly and low educated populations. The estimates of the risk and protection factors for chronic non-communicable diseases in cell phone interviews were equal to the estimates obtained by landline phone. Eligibility, success and refusal rates using the cell phone system were lower than those of the landline system, but loss and cost were much higher, suggesting it is unsatisfactory as a complementary method in such a context.
Palavras-chave: Telephone
Chronic disease
Interview
Telefone
Doença crônica
Entrevista
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: MOURA, Erly Catarina et al. A feasibility study of cell phone and landline phone interviews for monitoring of risk and protection factors for chronic diseases in Brazil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 27, n. 2, p. 277-286, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0102-311X2011000200009
Identificador do documento: 10.1590/S0102-311X2011000200009
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18835
Data de publicação: Fev-2011
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Erly Catarina Moura - 2011.pdf141,56 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons