Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19156
Tipo do documento: Artigo
Título: Key locations for soybean genotype assessment in central Brazil
Título(s) alternativo(s): Locais‑chave para avaliação de genótipos de soja na região central do Brasil
Autor: Pacheco, Roberto Miranda
Duarte, João Batista
Souza, Plínio Itamar de Mello de
Silva, Sérgio Abud da
Nunes Júnior, José
Resumo: O objetivo deste trabalho foi identificar locais‑chave para o estabelecimento de programas de melhoramento genético de soja (Glycine max), na Região Central do Brasil. Foram utilizados dados de produtividade de grãos de genótipos de soja, de três ciclos de maturação, obtidos de ensaios regionais conduzidos por três anos em 18 localidades da região. O local‑chave para a condução das fases preliminares do programa foi definido como a localidade que melhor classifica os genótipos vencedores na região. Os locais‑chave para as fases finais foram definidos como os que melhor representam cada estrato ambiental identificado, em termos da adaptabilidade do respectivo genótipo vencedor. Essa adaptabilidade foi estimada por meio do modelo de efeitos principais aditivos e interação multiplicativa (AMMI), tendo-se utilizado a distância entre os pontos (escores) correspondentes a cada local em um estrato e o escore do genótipo vencedor que caracteriza aquele estrato, em um “biplot” AMMI. Os locais que melhor classificaram os genótipos vencedores ao longo do espaço e do tempo foram: Mineiros, Placas e Rio Verde. Para as fases finais de seleção de genótipos, com os dados dos três ciclos de maturação, os locais recomendados foram: Buritis, Chapadão do Céu, Iraí, Pamplona, Placas, Planaltina, Rio Verde, Sacramento, Senador Canedo, Uberaba e Uberlândia.
Abstract: The objective of this work was to identify key locations for the establishment of soybean (Glycine max) genetic breeding programs, in the Central Region of Brazil. Grain yield data of three maturity groups of soybean genotypes, from regional trials conducted over three years, at 18 locations in Brazilian Cerrado were used. A key location for the early phases of the breeding program was defined as the site that best classifies the winning genotypes in the region. Key locations for the final phases were defined as those sites that best represent each environmental stratum, in relation to the adaptability of the respective winning genotype. This adaptability was estimated by additive main effects and multiplicative interaction (AMMI) model analysis, using the distance between the score of each location in a stratum and the score of the winning genotype, which characterizes such stratum in an AMMI biplot. The locations that best classified the winning genotypes over space and time were Mineiros, Placas and Rio Verde. For the final phases of genotype selection, with data from the three maturity group, the recommended locations were: Buritis, Chapadão do Céu, Iraí, Pamplona, Placas, Planaltina, Rio Verde, Sacramento, Senador Canedo, Uberaba, and Uberlândia.
Palavras-chave: Glycine max
Glycine max
Adaptability
AMMI analysis
Adaptabilidade
Análise AMMI
Environmental stratification
G×E interaction
Estratificação ambiental
Interação G×E
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: PACHECO, Roberto Miranda et. al. Key locations for soybean genotype assessment in Central Brazil. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 44, n. 5, p. 478-486, May 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0100-204X2009000500007
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Identificador do documento: 10.1590/S0100-204X2009000500007
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19156
Data de publicação: Mai-2009
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Roberto Miranda Pacheco - 2009.pdf416,23 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons