Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19168
Tipo do documento: Artigo
Título: Emprego da análise AMMI na avaliação da estabilidade produtiva em soja
Título(s) alternativo(s): Application of AMMI analysis in the assessment of yield stability in soybean
Autor: Oliveira, Adriano Borges de
Duarte, João Batista
Pinheiro, José Baldin
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da interação de genótipos com ambientes (GxA) na produtividade de grãos de um conjunto de linhagens de soja (Glycine max L.). Foram utilizados dados de 11 experimentos (ambientes) realizados no Estado de Goiás. Em cada experimento foram avaliados 18 genótipos, sendo quatro cultivares comerciais como testemunhas. O método de análise da interação foi o procedimento AMMI (modelo de efeitos principais aditivos e interação multiplicativa). O padrão significativo das interações GxA foi captado apenas pelo primeiro eixo principal AMMI, o qual explicou 36% da soma de quadrados GxA original, sugerindo contaminação da matriz de interações clássica por ruídos que prejudicam a qualidade das predições de respostas fenotípicas obtidas pelos métodos tradicionais. Quanto à estabilidade de comportamento, a maioria das linhagens experimentais destacou-se (com menores interações com ambientes) em relação às cultivares testemunhas. Estas, no entanto, foram relativamente mais produtivas, sobretudo a cultivar Conquista. Entre as novas linhagens, os genótipos L-16, L-13 e L-14 mostraram ser os mais promissores para fins de recomendação como cultivares.
Abstract: The objective of this work was to evaluate the influence of the genotype environment (GE) interaction on the grain yield of a soybean (Glycine max L.) lines group. Yield data from 11 trials (environments) conducted in the State of Goiás, Brazil were used. In each trial 18 genotypes were tested, from which four were commercial cultivars as checks. The statistical method was the AMMI analysis (additive main effect and multiplicative interaction analysis). A significant GE interaction pattern was captured only for the first principal AMMI axis, which explained 36% of the original square sum of the GE interaction, suggesting contamination of the classic GE interaction matrix by noise arising from unpredictable factors, assuring that AMMI analysis provides a better prediction of phenotypic responses than traditional methodologies. About yield stability, most experimental lines outstands (with low GE interaction) over checks. However, the checks, mainly the cultivar Conquista, showed higher yield averages. Among the experimental lines, the genotypes L-16, L-13 and L-14 appeared to be the most promising for cultivars recommendation.
Palavras-chave: Glycine max
Biplot
Progênie
Interação genótipo-ambiente
Adaptação
Glycine max
Progeny
Adaptation
Biplot
Genotype environment interaction
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: OLIVEIRA, Adriano Borges de; DUARTE, João Batista; PINHEIRO, José Baldin. Emprego da análise AMMI na avaliação da estabilidade produtiva em soja. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 38, n. 3, p. 357-364, mar. 2003.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0100-204X2003000300004
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Identificador do documento: 10.1590/S0100-204X2003000300004
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19168
Data de publicação: Mar-2003
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Adriano Borges de Oliveira - 2003.pdf395,19 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons