Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19185
Tipo do documento: Artigo
Título: Genetic structure of mangaba (Hancornia speciosa Gomes) populations in the cerrado region of Central Brazil
Título(s) alternativo(s): Estrutura genética de subpopulações de mangabeira (hancornia speciosa Gomes) no Cerrado do Brasil Central
Autor: Moura, Nara Fernandes
Chaves, Lázaro José
Vencovsky, Roland
Naves, Ronaldo Veloso
Aguiar, Ananda Virginia de
Moura, Mara Fernandes
Resumo: A mangabeira (Hancornia speciosa Gomes) é uma espécie frutífera com grande potencial para exploração econômica, encontrada em várias regiões do Brasil, sendo freqüente no bioma Cerrado. Informações sobre a variabilidade genética das populações existentes neste bioma são escassas. Este estudo teve como objetivo caracterizar a estrutura genética de oito populações situadas nos Estados de Goiás, Bahia e Minas Gerais por meio de marcadores RAPD. A estrutura da variabilidade genética foi avaliada utilizando-se a análise de variância de dados moleculares. Uma proporção significativa da variância genética foi encontrada entre populações, correspondendo a 19,6 % da variação total. A correlação entre as matrizes de distâncias geográficas e genéticas não foi significativa, indicando que não existe estruturação espacial da variabilidade genética entre populações, para os locos marcadores RAPD utilizados. A alta variabilidade sugere que estratégias para conservação in situ, bem como ex situ, devem ser baseadas em amostragem de um grande número de populações locais.
Abstract: Mangaba tree (Hancornia speciosa Gomes) is a fruit species with great potential for commercial exploitation, found in most regions of Brazil and highly frequent in the Cerrado biome. Information on the genetic variability in this biome is scarce. This study aimed at characterizing the genetic structure of eight populations found in the states of Goiás, Bahia and Minas Gerais by using RAPD markers. Genetic variability was assessed by the analysis of variance on molecular data. A significant proportion of genetic variance was found among populations, corresponding to 19.6 % of the total variation. The correlation between the matrices of geographic and genetic distances was not significant, indicating that there is no spatial structure of the genetic variability among the populations, for the RAPD marker loci used here. The high variability suggests that a strategy for in situ, as well as ex situ conservation, must be based on sampling a large number of local populations.
Palavras-chave: Mangaba
Molecular marker
Native species
Population genetics
Marcador molecular
Genética de população
Espécie nativa
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: MOURA, Nara Fernandes et al. Genetic structure of mangaba (Hancornia speciosa Gomes) populations in the cerrado region of Central Brazil. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 27, n. 3, p. 473-481, May/June, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19185
Data de publicação: Jun-2011
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Nara Fernandes Moura - 2011.pdf260,7 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons