Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19194
Tipo do documento: Artigo
Título: Genetic diversity in Brazilian tall coconut populations by microsatellite markers
Título(s) alternativo(s): Diversidade genética em populações de coqueiro gigante do Brasil por meio de marcadores microssatélites
Autor: Ribeiro, Francisco Elias
Baudouin, Luc
Lebrun, Patricia
Chaves, Lázaro José
Brondani, Claudio
Costa, Emiliano Fernandes Nassau
Vencovsky, Roland
Resumo: A diversidade genética em dez populações de coqueiro gigante do Brasil foi determinada utilizando 13 marcadores microssatélites. Foi detectado um total de 68 alelos, com média de 5,23 alelos por loco. A média da heterozigosidade esperada e observada foi 0,459 e 0,443 respectivamente. O número de locos por população variou de 36 a 48, com média de 40,9 locos. Foram encontrados 12 alelos exclusivos e destes, um foi considerado como alelo raro esporádico e oito como alelos raros localizados. As metodologias de associação dos indivíduos de acordo com a população de referência e com base na análise fatorial de correspondência forneceram resultados semelhantes e permitiram a formação de dois grupos, o primeiro formado pelas populações de Baía Formosa, Georgino Avelino e São José do Mipibu e o segundo pelas populações de Japoatã, Pacatuba e Praia do Forte. Esses resultados revelam um alto nível de diversidade genética nas populações brasileiras.
Abstract: The tall coconut palm was introduced in Brazil in 1553, originating from the island of Cape Verde. The aim of the present study was to evaluate the genetic diversity of ten populations of Brazilian tall coconut by 13 microsatellite markers. Samples were collected from 195 individuals of 10 different populations. A total of 68 alleles were detected, with an average of 5.23 alleles per locus. The mean expected and observed heterozygosity value was 0.459 and 0.443, respectively. The number of alleles per population ranged from 36 to 48, with a mean of 40.9 alleles. We observed the formation of two groups, the first formed by the populations of Baía Formosa, Georgino Avelino and São José do Mipibu, and the second by the populations of Japoatã, Pacatuba and Praia do Forte. These results reveal a high level of genetic diversity in the Brazilian populations.
Palavras-chave: Variabilidade genética
Cocos nucifera
Marcadores moleculares
Genetic variability
Molecular markers
Cocos nucifera
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: RIBEIRO, Francisco Elias et al. Genetic diversity in Brazilian tall coconut populations by microsatellite markers. Crop Breeding and Applied Biotechnology, Viçosa, v. 13, n. 4, p. 356, Dec. 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S1984-70332013000400006
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Identificador do documento: 10.1590/S1984-70332013000400006
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19194
Data de publicação: 2013
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Francisco Elias Ribeiro - 2013.pdf523,97 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons