Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19305
Tipo do documento: Artigo
Título: Potencial de enzimas fibrolíticas sobre a digestibilidade ruminal do feno de Tifton 85
Título(s) alternativo(s): Potential of fibrolytic enzymes on ruminal digestibility of Tifton 85 hay
Autor: Cysneiros, Cristine dos Santos Settimi
Ferreira, Reginaldo Nassar
Arnhold, Emmanuel
Ulhoa, Cirano Jose
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de um complexo multienzimático (CM) de enzimas fibrolíticas, produzido pelo fungo Humicola grisea, sobre a digestibilidade verdadeira in vitro da matéria seca (DVIVMS) do feno de Tifton 85. Os tratamentos testados foram: T controle (10 mL de água destilada); Nível 1 (2,5 mL de enzimas); Nível 2 (5,0 mL de enzimas) e Nível 3 (10 mL de enzimas). Para cada tratamento, o CM foi aplicado por aspersão em 17 g do feno (1 mm). Para determinação da DVIVMS, utilizou-se a metodologia adaptada para o rúmen artificial, durante os períodos de 12; 24; 48 e 96 h de incubação, a 39 ºC. O experimento foi instalado em blocos ao acaso, com quatro repetições, em esquema de parcelas subdivididas 4 x 4. Os blocos (repetições) foram constituídos de quatro rúmens. As parcelas foram constituídas do feno de Tifton tratado com quatro diferentes níveis de enzimas e as subparcelas por quatro momentos de digestão. Houve interação entre nível de enzimas e período de incubação ruminal. Os níveis de 2,5; 5,0 e 10 mL de enzimas melhoraram a DVIVMS do feno de Tifton 85. No entanto, verificaram-se maiores efeitos com adição de 10 mL, obtendo-se aumentos de 18,51; 17,17; 13,59 e 20,93% com 12; 24; 48 e 96 horas de incubação.
Abstract: The objective of this study was evaluated the effect of a multienzymatic complex (MC) of fibrolytic enzymes, produced by the fungus Humicola grisea, on the in vitro true digestibility of dry matter (IVTDMD) of Tifton 85 hay. The treatments were: control T (10 mL of distilled water), level 1(2.5 mL of enzyme), level 2 (5.0 mL of enzyme) and level 3 (10.0 ml of enzyme). For each treatment, the MC was applied by spraying in 17 g of hay (1mm). The IVTDMD was obtained using the adapted technique for the artificial rumen for 12; 24; 48 and 96 h of incubation at 39 °C. The experiment was conducted in a randomized block design with four replications in a split plot 4 x 4. The blocks (replications) were four rumens. The plots consisted of Tifton 85 hay treated with four different levels of enzymes and the subplots of four periods of digestion. There was interaction between enzyme level and period of incubation. The levels of 2.5, 5.0 and 10 mL of enzyme improved DVIVMS Tifton 85 hay. However, there were larger effects with the addition of 10 mL, resulting in increases of 18.51; 17.17; 13.59 and 20.93% with 12; 24; 48 and 96 hours of incubation.
Palavras-chave: Ankom
Ankom
Bovine
Cellulase
Fungi
Xylanase
Bovino
Celulase
Fungo
Xilanase
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Citação: CYSNEIROS, Cristine dos Santos Settimi et al. Potencial de enzimas fibrolíticas sobre a digestibilidade ruminal de feno de Tifton 85. Revista Trópica: ciências agrárias e biológicas, Chapadinha, v. 7, n. 1, p. 2-7, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.0000/rtcab.v7i1.502
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Identificador do documento: 10.0000/rtcab.v7i1.502
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19305
Data de publicação: 2013
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Cristine dos Santos Settimi Cysneiros - 2013.pdf147,06 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons