Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19405
Tipo do documento: TCC
Título: Atividade antioxidante da vitamina c: aplicações na indústria farmacêutica e de alimentos e formas de evitar a oxidação mantendo sua estabilidade
Autor: Vieira, Ana Carolina da Rocha
Primeiro orientador: Silva, Aline Gomes de Moura e
Primeiro membro da banca: Silva, Aline Gomes de Moura e
Rodrigues, Ilana Carneiro
Alves, Izabel de Paula Duarte
Resumo: O ácido ascórbico, conhecido como vitamina C, é uma vitamina hidrossolúvel, instável, facilmente eliminada por alguns fatores tais como: calor, armazenamento inadequado, presença de metais e outros. O organismo humano não sintetiza esta vitamina, sua ingestão ocorre através de alimentos, como legumes, vegetais e frutas. A vitamina C é um potente antioxidante, vital para o funcionamento das células e isso é particularmente evidente no tecido conjuntivo, atua na prevenção de diversas patologias tais como escorbuto e envelhecimento precoce. Classificada como um antioxidante natural a vitamina C vem sendo empregada principalmente na indústria de alimentos, pois além do seu papel nutricional, apresenta ação antioxidante, preservando o sabor e a cor natural dos alimentos, além do mais é utilizada como aditivo em carnes curadas, acelerando o processo de cura, prevenindo formação de nitrosaminas e inibindo o crescimento de microrganismos, entre outras aplicações. Os antioxidantes conferem uma proteção natural ao organismo humano, pois neutralizam os efeitos nocivos dos radicais livres. Devido à vitamina C possuir efeito eficaz como antioxidante, tornou-se bastante consagrada pela indústria farmacêutica, pois é usada em formulações cosméticas, dermatológicas e em medicamentos, apresenta ação na prevenção e no retrocesso do envelhecimento precoce, atua como despigmentante, ação sinérgica com filtros solares e efeito anti-inflamatório em tratamentos de dermatites. A aplicação da vitamina C em produtos cosméticos possibilita alcançar níveis que não seriam possíveis com a alimentação, visto isso seu uso tópico é um grande alvo da indústria cosmética, gerando resultados satisfatórios no tratamento das alterações cutâneas provocadas pelo envelhecimento, todavia, possui barreiras quando incorporado em sistemas para o uso tópico, pois é difícil de ser estabilizada. Manter a estabilidade da vitamina C se tornou um desafio, contudo algumas estratégias foram desenvolvidas para evitar a instabilidade na formulação, tais como: controlar o oxigênio em baixo pH, adição de conservantes e agentes estabilizadores, uso de derivados da vitamina C e aplicação de tecnologias, como a microencapsulação.
Abstract: Ascorbic acid, known as vitamin C, is a water-soluble, unstable vitamin, easily eliminated by some factors such as: heat, improper storage, the presence of metals and others. The human body does not synthesize this vitamin, its ingestion occurs through food, such as vegetables and fruits. Vitamin C is a powerful antioxidant, vital for the functioning of cells and this is particularly evident in connective tissue, it acts in the prevention of several pathologies such as scurvy, premature aging. Classified as a natural antioxidant, vitamin C has been used mainly in the food industry, because in addition to its nutritional role, it is applied for its antioxidant action, preserving the flavor and natural color of food, besides being used as an additive in meat cured, accelerating the curing process, preventing formation of nitrosamines and inhibiting the growth of microorganisms, among other applications. Antioxidants provide natural protection to the human body, as they neutralize the harmful effects of free radicals. Because vitamin C has an effective effect as an antioxidant, it has become widely recognized by the pharmaceutical industry, as it is used in cosmeceutical, dermatological formulations and in medicines, has an action in preventing and reversing premature aging, acts as a depigmentant, synergistic action with sunscreens and anti-inflammatory effect in dermatitis treatments. The application of vitamin C in cosmetic products makes it possible to reach levels that would not be possible with food, since its topical use is a major target of the cosmetic industry, generating satisfactory results in the treatment of skin changes caused by aging, however, it has barriers when incorporated in systems for topical use as it is difficult to stabilize. Maintaining the stability of vitamin C has become a challenge, however some strategies have been developed to avoid instability in the formulation, such as: controlling oxygen at low pH, adding preservatives, stabilizing agents, using vitamin C derivatives and technologies, such as microencapsulation.
Palavras-chave: Ácido ascórbico
Antioxidante
Radicais livres
Estabilidade
Aplicações da vitamina C
Ascorbic acid
Antioxidant
Free radicals
Stability
Applications of vitamin C
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - FF (RG)
Nome do curso: Farmácia (RG)
Citação: VIEIRA, Ana Carolina da Rocha. Atividade antioxidante da vitamina c: aplicações na indústria farmacêutica e de alimentos e formas de evitar a oxidação mantendo sua estabilidade. 2020, 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Farmácia, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19405
Data de publicação: 17-Dez-2020
Aparece nas coleções:FF - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Farmácia - Ana Carolina da Rocha Vieira - 2020.pdf1,44 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons