Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19486
Tipo do documento: Artigo
Título: O rito de passagem da viagem em O amor nos tempos do cólera, de Gabriel García Márquez
Título(s) alternativo(s): The journey rite in Love in the time of cholera, by Gabriel García Márquez
Autor: Pinheiro, Zilda Dourado
Couto, Elza Kioko Nakayama Nenoki do
Resumo: Este trabalho é parte integrante da dissertação de mestrado intitulada “O rito da viagem em O amor nos tempos do cólera, de Gabriel García Márquez” (DOURADO, 2013). A pesquisa considera o rito de passagem em conformidade com os estudos de Van Gennep (2011), definido como um processo cíclico de transformação individual, marcado por rituais simbólicos e cerimônias formais realizados pelo indivíduo em seu meio social. Assim, a viagem é considerada um rito de passagem para esse autor, um processo de iniciação, porque a transição espacial-temporal que a caracteriza proporciona ao viajante a construção de um novo modo de ser, em contato com uma nova cultura, uma nova vida. Em O amor nos tempos do cólera, o rito da viagem está associado às principais transformações da vida humana (nascimento, puberdade, casamento e morte). No entanto, o presente artigo aborda o rito da viagem em relação ao rito da morte, devido às diferentes visões culturais sobre o fim da vida confrontadas pela narrativa. Tal análise é feita a partir dos postulados da Antropologia do Imaginário, uma vez que ela nos permite analisar as dimensões simbólica e mítica inerentes aos ritos de passagem.
Abstract: This paper is part of a master’s thesis named "The journey rite in Love in the Time of Cholera novel, written by Gabriel García Márquez" (DOURADO, 2013). This research considers the rite of passage, according to Arnold Van Gennep's studies, who defines this rite as a cyclic process of individual transformation marked by symbolic rituals and formal ceremonies made by the individual in his social environment. Thus, Van Gennep considers this journey as a rite of passage, an initiation process, because the spatial and temporal transition of it provides to the traveller the construction of a new way to be in contact with a new culture, a new life. In Love in the Time of Cholera, the journey rite is associated to the main transformations of human life (birth, puberty, marriage and death). However, this article approaches the journey rite related to the death rite due to the different cultural visions about the end of life confronted by the narrative. This analysis is made from the postulates of the anthropologic imaginary to study the symbolic and mythical dimensions that are inherent to the rites of passage.
Palavras-chave: Ritos de passagem
Mito
Viagem
Romance
Rites of passage
Journey
Myth
Novel
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Letras - FL (RG)
Citação: PINHEIRO, Zilda Dourado; COUTO, Elza Kioko Nakayama Nenoki do. O rito de passagem da viagem em O amor nos tempos do cólera, de Gabriel García Márquez. Letrônica, Porto Alegre, v. 7, n. 2, p. 868-883, jul./dez. 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.15448/1984-4301.2014.2.17886
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Identificador do documento: 10.15448/1984-4301.2014.2.17886
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19486
Data de publicação: Dez-2014
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Zilda Dourado Pinheiro - 2014.pdf566,64 kBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons