Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19497
Tipo do documento: Artigo
Título: Literatura e imagens em "Leito de folhas verdes"
Autor: Couto, Elza Kioko Nakayama Nenoki do
Resumo: O texto poético é o lugar da estesia/estética, no qual importa considerar em sua análise a referencialização, a produção das imagens, processos responsáveis pelos efeitos de sentido. Assim, a delimitação da disciplina utilizada para analisar o texto “Leito de folhas verdes”, determina uma questão metodológica: o diálogo entre Literatura e Imaginário é pertinente para desvendar os meandros da discursividade de Gonçalves Dias? Propõe-se como resposta considerar que a articulação da Literatura com a Antropologia do imaginário é um caminho que leve a se descobrir, na narratividade de Gonçalves Dias, a existência particular e específica de uma determinada fruição que, aponta o processo de o poeta organizar sua reflexão e sensibilidade de modo a vislumbrar o imaginário da mulher indígena. Tal questão motiva a analisar o poema “Leito de folhas verdes” articulando-a à abordagem durandiana do trajeto antropológico do imaginário. O ponto nucleador da análise mostra, portanto, que são os componentes simbólicos da discursividade de Gonçalves Dias que levam a compreender sua narratividade.
Abstract: The poetic text is the place of esthesias/esthetics, in which what matters is to consider in its analysis the referencialization and production of images, processes responsible for the effects of sense. So, the demarcation of the subject used to analyze the text “Leito de folhas verdes” provides a methodological issue: is the dialogue between literature and imaginary relevant to unveil the intricacies of the speech in Goncalves Dias? It is proposed as a response to take into account that the articulation of Literature and the Anthropology of the Imaginary is a path that is going to lead to discover, in the narrative of Gonçalves Dias, the particular and specific existence of a fruition that shows the process of the poet to organize his reflection and sensitivity to glimpse the imaginary of indigenous women. This question motivates the analysis of the poem “Leito de folhas verdes”, articulating it whit the approach from Durand’s of anthropological path of imaginary. The nucleating point of analysis shows, therefore, that those are the symbolic components from the speech of Gonçalves Dias that leads to understand his narrative.
Palavras-chave: Poetry
Poesia
Gonçalves Dias
Indigenous women
Mulher indígena
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Letras - FL (RG)
Citação: MURATA, Elza Kioko Nakayama Nenoki. Literatura e imagens em "Leito de folhas verdes". Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 44, n. 4, p. 46-55, out./dez. 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19497
Data de publicação: Dez-2009
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Elza Kioko Nakayama Nenoki do Couto - 2009.pdf410,58 kBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons